Voluntárias do curso de gestantes são homenageadas em sessão solene na Câmara

A Câmara Municipal de Holambra realizou na última segunda-feira, dia 26, sessão solene em homenagem aos 40 anos do curso de gestantes no município. Durante o encontro, a tribuna foi utilizada por vereadores e convidados para destacar a importância do curso para a cidade, além do carinho e do empenho das voluntárias no acompanhamento e orientação às gestantes holambrenses.

A presidente da Câmara, Naiara Hendrikx, salientou que o trabalho realizado pelas voluntárias é “um exercício de carinho, acolhimento e orientação em uma fase tão especial na vida de uma mulher”, onde mudanças acontecem o tempo todo, gerando expectativas e inseguranças. “Todo conhecimento e toda prática transmitida durante o curso, somados à convivência compartilhada nos encontros, mostra a cada gestante que ela não está sozinha. Nesse momento tão sublime da gestação de uma criança há uma rede de carinho, amor e atenção a seu redor”, concluiu Naiara.

Já o vice-presidente da Câmara, Jesus de Souza(Jesus da Farmácia), destacou o lado humano do curso ministrado na cidade: “existem cursos para gestantes promovidos em outros municípios por hospitais, clínicas e pela administração pública. São práticos e rápidos, ensinam métodos e formas de fazer. Mas o que temos aqui em Holambra é diferente porque, além da orientação, existe o afeto e o amparo, o olhar cuidadoso, o abraço e o sorriso”, apontou.

Causa social e comunitária

Representando as 1819 gestantes atendidas desde o início do curso, Gabriela Wagemaker agradeceu o trabalho de cada uma das voluntárias: “Obrigada por doar seu tempo, seu sorriso, seu amor, seu carinho e sua disposição para ajudar o próximo, para ser útil, para fazer feliz. Voluntárias como vocês, empenhadas por uma causa social e comunitária, estabelecem laços de solidariedade e confiança em tempos difíceis para muitas mães. Nos preparam, auxiliam e nos transformam. Acredito num mundo melhor e mais humano devido a pessoas dedicadas e prestativas como vocês.”

Maritha Domhof, uma das idealizadoras do curso e única voluntária a atuar desde o início do projeto, contou casos curiosos que aconteceram durante os 40 anos, como o de mãe e filha que fizeram o curso juntas, e a ocorrência de casos de gêmeos e até trigêmeos. Emocionada, agradeceu a compreensão de sua família pelo tempo dedicado às aulas.

Representando o Executivo, Wilson Barbosa, chefe de gabinete do prefeito Fernando de Godoy, destacou que “o curso de gestantes inspira iniciativas solidárias e contribui para assegurar conforto, segurança, otimismo e orientação às novas mães de Holambra”.

Histórico

Em 1977 a equipe de saúde formada pela enfermeira Maritha Domhof, assistente social Vera Lia Teixeira e o médico Andir Leite Sanches, em conjunto com a diretora da Escola Doméstica, Mientje Van Kampen, e as voluntárias Terezinha Meirelles Kors e Gerda Kramer de Wit, iniciaram o plano de fazer um curso voltado às gestantes em Holambra.

Desde então, anualmente dois grupos de gestantes assistem palestras com nutricionistas, fisioterapeutas, médicos e assistentes sociais, além de aulas práticas para confecção de enxoval e banho no bebê, orientações de alongamento, postura e respiração ministrados por uma enfermeira e professor de yoga.

Nesses 40 anos, 42 palestrantes e 47 facilitadoras atenderam mais de 1800 gestantes. Atualmente a equipe é formada por 18 voluntárias. Em 2017 o Legislativo holambrense aprovou moção de congratulações às voluntárias pelas quatro décadas de atividades.

  

Comentários