A Policlínica irá atender casos graves e terá espaço específico de espera para pessoas com sintomas respiratórios

 

A Prefei

 

tura de Holambra publicou ontem no Diário Oficial do Município decreto com um pacote de medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19). As ações, na área da Saúde, foram definidas no último domingo durante reunião entre o prefeito Fernando Fiori de Godoy e a equipe do departamento. A cidade não possui, até o momento, registros da doença.

A Policlínica irá atender casos graves e terá espaço específico de espera para pessoas com sintomas respiratórios. Em caso de suspeita do novo coronavírus, o paciente será imediatamente isolado. A unidade, que atende urgências e emergências, irá adotar o protocolo internacional de classificação de risco, o Manchester, que define, de acordo com a gravidade, a ordem de atendimento.

Para evitar risco de contágio, pacientes com consultas e exames agendados no local devem acessar o prédio pela lateral. Ficou definido ainda que, a partir da próxima segunda-feira, 23 de março, e por período indeterminado, será interrompido o serviço de vacinação no local. A imunização será realizada nos PSFs em dias e horários específicos (confira abaixo).

As unidades dos bairros também passarão a realizar o agendamento de exames e consultas da regulação. Holambrenses que apresentarem leve desconforto ao respirar, dores de cabeça e febre baixa devem se dirigir ao PSF do bairro. O atendimento passará a ser prioritário e sem agendamento.

O diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, reforça que precisam procurar o atendimento de urgência e emergência (Policlínica Municipal) pessoas que apresentarem sintomas como febre alta, dor de cabeça e dificuldade severa para respirar. Casos moderados serão preferencialmente atendidos nos PSFs.

“Já para quem apresentar sintomas iniciais de gripe ou resfriado a orientação é ficar em casa, repousar, manter a hidratação e adotar medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência, cobrir o nariz e a boca com o cotovelo flexionado ou lenço de papel ao tossir ou espirrar”, falou. “É importante acompanhar a evolução do quadro”.
Ainda fazem parte do pacote de medidas a interrupção de atividades de grupos de prevenção como hipertensão e diabetes, dança circular e caminhada. Serão suspensas as férias e licenças dos servidores do departamento de Saúde. Valmir reforçou ainda que todas as unidades têm à disposição máscaras cirúrgicas e álcool em gel para pacientes e funcionários.

O que fazer diante de sintomas?
Casos leves: coriza, dor de garganta leve e sem febre.
Orientação: permanecer em casa, se hidratar e alimentar bem e descansar. Fazer uso de antitérmico (preferencialmente paracetamol).

Casos moderados: demais sintomas com tosse e febre baixa.
Orientação: procurar o PSF do bairro ou mais próximo.

Casos graves: demais sintomas com febre alta e dificuldade para respirar (falta de ar).
Orientação: procurar a Policlínica Municipal.
Orienta-se ainda aos pacientes que buscarem atendimento, quando necessário, estar acompanhado de apenas uma pessoa.

Confira os horários de atendimento para vacinação a partir do dia 23/03
PSF Fundão
Quarta-feira, das 13h30 às 15h30

PSF Imigrantes
Segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 15h

PSF Santa Margarida
Segunda-feira a sexta-feira das 8h às 15h

  

Comentários