fbpx

Ação voluntária promove melhorias no CAIC sem custo para a prefeitura

Diversas melhorias realizadas na estrutura do CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente) foram apresentadas ao prefeito Walter Caveanha na manhã desta terça-feira, dia 28 de junho, pela coordenadora geral do estabelecimento, Maria Emília Barão Rozário.

Mila, como é conhecida, promoveu uma série de benfeitorias nas instalações com a colaboração de funcionários, professores, alunos e membros da comunidade do Jardim Santa Terezinha II, onde o CAIC foi implantado na segunda gestão de Caveanha (1989-1992).

Nos últimos três anos e dois meses, o CAIC recebeu pintura interna e externa em diversas cores, piso de concreto nas áreas que ainda não tinham revestimento e ampliação do pátio, nova decoração e brinquedos para as crianças.

No caso dos serviços, não houve custo para a Prefeitura, pois os materiais, mais especificamente as tintas, foram adquiridos com a renda da venda de pizzas, sorvetes, rifas, brechós e show de prêmios promovidos pela coordenaria, funcionários, alunos e voluntários.

Segundo Mila, no período foram arrecadados e revertidos para investimentos em melhorias exatamente R$ 57.877,74. O resultado é que a iniciativa tem servido de referência para outras unidades, especialmente a multiplicidade de cores que tornam o ambiente mais agradável às crianças.

Walter Caveanha recordou que o CAIC de Mogi Guaçu foi o segundo construído no Estado de São Paulo. O prefeito reivindicou a unidade para o Município ao então ministro da Educação no biênio 1991-1992, o físico José Goldenberg.

A Prefeitura teve apenas 30 dias para providenciar uma área com escritura, o que ocorreu dentro do prazo. Essa era a condição proposta por Goldenberg para liberar a implantação do CAIC em Mogi Guaçu. O terreno onde a unidade foi construída tem seis alqueires.

O prefeito lembrou que a área estava cercada por cerca de 50 barracos de uma favela que se formava na região e que foi eliminada através da construção de moradias para aquelas e outras famílias em sistema de mutirão em área próxima.

O CAIC abriga atualmente três unidades educacionais da rede municipal de ensino, que são a EMEF  “Deputado Miguel Martini”, a EMEI “Francisco Martinho Miranda Filho”   e a creche do CEI “Décio Gonçalves Luís”, que hoje atendem mais de 1.000 alunos.

Um dos aprimoramentos pedagógicos implementados na atual administração foi a inclusão do CAIC no Projeto Sementeira, que, em parceria com a Corporação Musical “Marcos Vedovello”, leva o ensino da música a mais de 3.500 crianças e adolescentes que estudam nas escolas municipais.

Matéria: Prefeitura de Mogi Guaçu

  

Comentários