fbpx

Água que chega às torneiras dos pedreirenses é de qualidade

A ARES – Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ) – encaminhou ofício ao prefeito Carlos Pollo, datado de 5 de janeiro de 2015, cumprimentando e informando que as análises realizadas em pontos diferentes do Município, de forma aleatória, atenderam plenamente a legislação vigente e não apresentaram nenhum parâmetro em desconformidade com a Portaria nº 2.914/2011, do Ministério da Saúde.

O SAAE de Pedreira – que é a principal Autarquia do Município, tem a missão de fornecer água potável de qualidade à população, coletar e tratar o esgoto sanitário, de forma a conservar a saúde do meio ambiente.

A área operacional do SAAE vem sendo bem estruturada, com mudanças nas instalações físicas, aumentando a frota em boas condições de uso e dotando o Órgão com equipamentos tecnológicos de ponta. O sistema de abastecimento de água e o sistema de coleta e tratamento de esgoto, dentro do possível, recebem diversos e importantes investimentos.

A Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES PCJ) – de acordo com o relatório –  comprovou a qualidade da água distribuída em Pedreira. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) cumpre, desde sua implantação a portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que estabelece, além do padrão de potabilidade (medição da qualidade de água para consumo), as competências e responsabilidades atribuídas ao controle de qualidade da água.

A água tratada e distribuída à população pedreirense é constantemente monitorada e avaliada pela Agência Reguladora ARES PCJ, além das análises de rotina, que seguem os parâmetros de frequência nas estações da ETA. Nestas análises próprias são verificados PH, cor, turbidez, flúor e cloro da água, que também são avaliados por laboratórios contratados e creditados.

Segundo o relatório da Agência, o teste realizado em dezembro passado, em diversas residências do Município, ratifica a qualidade da água entregue ao consumidor, de acordo com a Lei Federal nº 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico e define a Política Federal de Saneamento Básico.

Para o prefeito Carlos Pollo, “é uma preocupação constante garantir água de qualidade a toda população. Com estas análises, podemos afirmar a excelência dos serviços e a potabilidade da água que é distribuída. Mensalmente o consumidor recebe os resultados na conta de água”, esclareceu Pollo.

“O SAAE de Pedreira vem atuando, há tempos, com rigor, monitorando ininterruptamente a captação no Rio Jaguari e todo o processo de tratamento, para manter a qualidade e a potabilidade da água distribuída à Comunidade, neste período prolongado de estiagem”, destaca o diretor-geral do SAAE, Celso José Leite Filho.  Aliás, verificar se as normas vêm sendo cumpridas é uma das atribuições da ARES-PCJ – Agência Reguladora de Saneamento, que fiscaliza e avalia periodicamente a qualidade da água distribuída para a população do Município. Estas amostras passam por exames físico-químicos e microbiológicos. Nestas análises são apreciadas a cor, turbidez, fluoretação, cloro residual e a quantidade de coliformes totais e fecais.

“A avaliação feita pela ARES-PCJ homologa os resultados das análises diárias que o SAAE realiza em seu Laboratório ou as coletas mensais enviadas para Laboratórios Terceirizados. O fato da ARES-PCJ atestar a qualidade da água dá a Autarquia ainda maior tranquilidade e a certeza do bom trabalho desenvolvido”, enfatiza o prefeito Carlos Pollo. “Água potável é a água que pode ser consumida com segurança pela população, apresentando, portanto, características físicas, químicas, biológicas em conformidade com a legislação específica (padrões de potabilidade)”, falou entusiasticamente o prefeito Carlos Pollo.

O SAAE garante a qualidade da água que chega à população até a entrada do imóvel, na estrutura do cavalete, onde existe o medidor de consumo (hidrômetro). A água que o SAAE entrega pela rede de distribuição tem um contínuo controle de qualidade. A manutenção da qualidade da água, nos cômodos internos da residência é dever e responsabilidade de cada morador. Por isso, mantenha as instalações hidráulicas sempre em bom estado de conservação e limpe a caixa d’água pelo menos duas vezes ao ano. Toda caixa d’água deverá ficar permanentemente tampada e bem vedada.

  

Comentários