fbpx

EPTV na escola tem semifinalistas de Artur Nogueira

A EPTV de Campinas anunciou a lista dos 86 alunos selecionados para a semifinal do concurso EPTV Na Escola 2014. Entre os nomes estão duas estudantes do Colégio Anglo de Artur Nogueira, Giulia Arilla Torresendi e Luana Carla Zorzetto Brandão, ambas do 9° Ano. Os nomes foram escolhidos após triagem realizada por uma comissão de especialistas formada pela emissora. Ao todo 45 mil alunos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) se inscreveram para participar do concurso. No dia 27 de outubro acontece a divulgação dos 10 vencedores.

O professor Paulinho Munhoz ao lado da diretora Vivian Dutra e das alunas semifinalistas Giulia e Luana \ Foto: William Alexandre (Billy)

O professor Paulinho Munhoz ao lado da diretora Vivian Dutra e das alunas semifinalistas Giulia e Luana \ Foto: William Alexandre (Billy)

Com o tema “como construir o mundo que queremos?”, a atividade instigou centenas de estudantes em uma árdua missão: escrever sobre um tema abrangente e que exige determinada profundidade. A diretora pedagógica e proprietária do Colégio Anglo, Vivian Dutra, acredita que um dos segredos do sucesso da instituição no concurso esteja em encarar cada edição como se nunca tivessem participado antes. “Agimos sempre como se fosse uma novidade”, explica Vivian.

Outra estratégia que tem gerado resultados, segundo Vivian, está na ideia de aproximar o estudante do tema, indo além do material em vídeo produzido pela emissora. “Em todas as edições buscamos integrar nossos alunos com a pauta proposta. Esse ano tivemos a honra de contar com a presença do pastor Cristiano Bervint, para falar sobre o trabalho de recuperação que ele realiza com dependentes químicos na cidade.”

Uma das alunas finalistas, Luana Zorzetto, fala da emoção ao saber da notícia, em especial após descobrir que a outra redação selecionada era a de sua amiga. “Fiquei muito feliz com a notícia, meu professor chegou gritando na sala todo animado e eu não esperava por isso. Eu e minha amiga, que também é finalista, ficamos super animadas e não esperávamos por isso”, conta Luana, autora da redação “Sonhar, mesmo um sonho impossível”. Já a redação de Giulia tinha como título “Solidariedade sim, competitividade não!”, onde questiona hábitos individualistas da sociedade atual.

A diretora ressalta o fato das alunas estarem na instituição desde o maternal. “Pra mim a edição deste ano tem um gosto muito especial, pois as finalistas são alunas que estão aqui desde o maternal. A Giulia, por exemplo, se alfabetizou aqui. Então, já conheço as famílias há um bom tempo, sei que são pais que acompanham os estudos dos filhos e realmente almejam o melhor para eles”.

Ainda de acordo com Vivian, o Colégio Anglo trabalha com redação e projetos de leitura desde o maternal como forma de preparação para as redações. “Nós não trabalhamos a leitura exclusivamente para o EPTV na Escola, desenvolvemos projetos de leitura desde o maternal, porque isto cria uma motivação diferente nos alunos, e isto faz com que eles se sintam incentivados a escrever melhor, a refazer uma redação, a reescrever quantas vezes for necessário para fazer o melhor”, afirma Vivian.

Essa não é a primeira vez que o Anglo Artur Nogueira é destaque no concurso. Em 2010, a aluna Elen Dias Reis conquistou o primeiro lugar na competição. Em 2011, Ana Carolina Negrão ficou em 2º lugar. Em 2012, a aluna Amanda Alexandre conquistou o 7º lugar. No ano passado, Brenda Tagliari Daroz foi a autora do segundo melhor texto no concurso EPTV na Escola.

  

Comentários