Alunos do Projeto Guri receberão atividades on-line quinzenalmente

A Sustenidos Organização Social de Cultura, responsável pelo Projeto Guri no interior, litoral paulista e polos da Fundação CASA, com o intuito de dar sequência ao cronograma de aulas durante a quarentena, comunica que, a partir da primeira semana de maio, as atividades educacionais e artísticas serão disponibilizadas quinzenalmente aos Guris.

Dessa forma, os alunos receberão as atividades para serem realizadas à distância nas semanas de 04 a 08 de maio; 18 a 22 de maio; 01 a 05 de junho; 15 a 19 de junho e de 29 de junho a 03 de julho. A iniciativa faz parte do Programa de Ensino a Distância, implantado desde o dia 13 de abril, em decorrência do isolamento social.

“Esperamos, com isso, manter o relacionamento com nossos alunos e, principalmente, estimulá-los a cultivar o contato com a música por meio de iniciativas variadas, abrangendo tanto questões técnicas, de leitura, de apreciação e de contextualização, como de composição contemplando, inclusive, aqueles que não têm instrumentos em casa”, afirma Claudia Freixedas, superintendente educacional da Sustenidos.

As atividades são enviadas dentro do horário de aula de cada turma. A previsão é que os materiais sejam disponibilizados aos estudantes até o dia 03 de julho, totalizando oito semanas de estudos. Ao todo, 800 educadores estão incumbidos de sugerir propostas musicais que necessitem de dedicação de, pelo menos, 20 minutos para sua execução e que possam ter desdobramentos. Apenas no mês de abril, 12.000 atividades foram enviadas aos Guris.

As atividades são enviadas por meio de grupos criados no WhatsApp que contam, ainda, com a participação da coordenação do polo e um familiar de cada grupo. Além disso, foi sugerido para que os Guris desenvolvam relatórios diários com suas impressões, dúvidas e apontamentos para serem compartilhado na volta às aulas.

Maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri está distribuindo cerca de 4000 atividades por semana. Algumas delas, inclusive, podem ser acompanhadas em canais do YouTube e outras plataformas digitais da Sustenidos e do Projeto Guri. “As atividades propostas deverão ser recapituladas no reinício das aulas e os diários de bordo serão muito importantes no momento de retomada das aulas presenciais”, conclui Claudia.

Projeto Guri www.projetoguri.org.br
Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; CCR AutoBAn; Instituto CCR; SulAmérica; VISA; Bayer; WestRock; Microsoft; Supermercados Tauste; Banco Votorantim; VALGROUP; Novelis; EMS; Capuani do Brasil; Faber-Castell; Pinheiro Neto; Santander; Raízen; BTP; Distribuidora Ikeda; Grupo Maringá; Instituto 3M; Supermercados Rondon; Frigol; Mercedes-Benz; Castelo Alimentos; ENEL; GRUPO GR; Cipatex; Grupo Herval e Pirelli.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 810 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

  

Comentários