Autoconhecimento

Autoconhecimento é um aprendizado sobre nós mesmos, é descobrir quem realmente somos sem precisar inventar uma pessoa que não existe. A partir do momento que começamos a ter um autocontrole não seremos mais dominados, passamos a conhecer nossos sentimentos e com isso conseguimos administrar melhor nossa vida.

Podemos nos valer de coisas que nos torna seguros e de estratégias para encontrarmos caminhos para descobrir quem somos. Assim começamos a fazer escolhas melhores, conseguimos equilibrar nossa vida deixando a consciência liderar nossos atos e nossas ações.

O autoconhecimento facilita as relações sociais, seja ela, familiares, profissionais, amigos, grupos, conjugais e outras relações que às vezes nos deixam confusos e sem saída. Portanto, exercitar o autoconhecimento é de extrema importância para vivermos nos tempos atuais, caso contrário, seremos “sugados”.

É através da reflexão sobre o modo que fomos criados, educados, e também nos relacionamentos com outras pessoas no meio em que vivemos que somos capazes de descobrir quem somos e que papel exercemos diante da vida. Às vezes nos encontramos em situações difíceis e nossa reação pode ser totalmente desfavorável a nós mesmos.

Isso ocorre quando não sabemos quem somos, diante disso é muito provável que nossas escolhas sejam corretas ou inadequadas. Assim, vai se formando um ciclo de sofrimentos que poderá até interferir na nossa identidade e consequentemente perder nossa essência.

O autoconhecimento é um processo transformador, o maior investimento que podemos fazer por nós mesmos, pois quando nos conhecemos, não reagimos impulsivamente aos nossos processos internos e à vida, mas desenvolvemos uma conexão consciente com nosso “eu” e com o mundo externo.

Através desse processo, nos é permitido conhecer e trabalhar nossos conflitos e resistência, bem como conhecer e desenvolver os nossos recursos, possibilidades e potencialidades, aumentando, desta forma nossa autoestima, nos tornando mais fortes para encarar as diversidades da vida, gerando sentimento de autossatisfação e autorrealização, o que é muito diferente do sentimento de euforia.

Em outras palavras, através do autoconhecimento, “nos encontramos e nos acolhemos na unicidade e complexidade que nos é própria, para a partir desse ponto de partida ser oportunizada a conscientização para rever valores e crenças e consequentemente nos posicionamos como pessoas ativas e responsáveis diante de nós mesmos e da vida.

Neste momento que fomos pegos de surpresa por uma doença altamente contagiosa, a COVID-19, um revertério ocorreu em nossa mente que nos “obrigou” a sair da nossa zona de conforto. Estávamos tranquilos cuidando de nossas vidas, nosso trabalho, filhos, amigos, etc. De repente, tivemos que aderir mudanças de hábitos radicais, tivemos que nos adaptar à normas do Ministério da Saúde, e, outros profissionais da saúde para juntos conseguirmos colocar um fim nessa Pandemia que está nos assolando.

O autoconhecimento é de grande valia, pois se nos conhecemos, sabemos quem somos, fica clara a nossa compreensão sobre o problema, e por isso, conseguimos passar com serenidade.

Sandra Regina Ribeiro
Psicóloga Clínica – CRP 06/128296
Contatos: (19) 38377414 / (19) 989432884

  

Comentários