Bares e restaurantes da região de Campinas projetam crescimento de 30% no Dia dos Namorados

Campinas, 07 de junho de 2022 – O Dia dos Namorados, no próximo domingo, dia 12, é aguardado com grande expectativa pelo pelos bares e restaurantes. Considerada a principal data em faturamento, o setor na área de atuação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) da Região Metropolitana de Campinas, com abrangência em 20 municípios, projeta um crescimento de 30% sobre o ano de 2021.

A expectativa do setor vai ao encontro de uma pesquisa realizada pela The Insiders, que aponta que que 61% dos casais estão programando sair para comemorar a data com um jantar, índice superior aos que pretendem comprar presentes para a ocasião.

Este será o primeiro ano de atendimento com horário normal desde o início da pandemia. Em 2020, devido às restrições sanitárias, bares e restaurantes operaram apenas com entrega. No ano passado, as casas tiveram restrições de pessoas e horário limitado até às 21h.

Matheus Mason, presidente da Abrasel RMC diz que a expectativa para 2022 sem restrições é bastante positiva. “É uma data importante para as casas que oferecem jantar ou almoço especiais, ainda mais pelo Dia dos Namorados cair em um domingo. Estamos falando de 30% de crescimento em uma data que por si só já é forte e atrai os casais”.

Pelo fato de a data cair no final de semana, restaurantes que normalmente não abrem no período da noite no domingo estarão com as portas abertas. É o caso do Benedito Restaurante e Restaurante Vila Paraíso, que funcionarão neste dia com horários especiais. Há também casas que decidiram comemorar a data no sábado, com jantares temáticos, como o Vitorino, em Paulínia, e o Vick Restaurante, em Indaiatuba, ambos da Rede Vitória Hotéis.

Antecipar a comemoração da data também é outra estratégia que será adotada por diversos restaurantes da região. “Muitas casas decidiram neste ano iniciar as comemorações na sexta-feira, oferecendo pratos especiais para os namorados, como estratégia para evitar as grandes aglomerações e reduzir as filas de espera que são naturais no dia 12”, completa Mason.

Campinas, 07 de junho de 2022 – O Dia dos Namorados, no próximo domingo, dia 12, é aguardado com grande expectativa pelo pelos bares e restaurantes. Considerada a principal data em faturamento, o setor na área de atuação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) da Região Metropolitana de Campinas, com abrangência em 20 municípios, projeta um crescimento de 30% sobre o ano de 2021.

A expectativa do setor vai ao encontro de uma pesquisa realizada pela The Insiders, que aponta que que 61% dos casais estão programando sair para comemorar a data com um jantar, índice superior aos que pretendem comprar presentes para a ocasião.

Este será o primeiro ano de atendimento com horário normal desde o início da pandemia. Em 2020, devido às restrições sanitárias, bares e restaurantes operaram apenas com entrega. No ano passado, as casas tiveram restrições de pessoas e horário limitado até às 21h.

Matheus Mason, presidente da Abrasel RMC diz que a expectativa para 2022 sem restrições é bastante positiva. “É uma data importante para as casas que oferecem jantar ou almoço especiais, ainda mais pelo Dia dos Namorados cair em um domingo. Estamos falando de 30% de crescimento em uma data que por si só já é forte e atrai os casais”.

Pelo fato de a data cair no final de semana, restaurantes que normalmente não abrem no período da noite no domingo estarão com as portas abertas. É o caso do Benedito Restaurante e Restaurante Vila Paraíso, que funcionarão neste dia com horários especiais. Há também casas que decidiram comemorar a data no sábado, com jantares temáticos, como o Vitorino, em Paulínia, e o Vick Restaurante, em Indaiatuba, ambos da Rede Vitória Hotéis.

Antecipar a comemoração da data também é outra estratégia que será adotada por diversos restaurantes da região. “Muitas casas decidiram neste ano iniciar as comemorações na sexta-feira, oferecendo pratos especiais para os namorados, como estratégia para evitar as grandes aglomerações e reduzir as filas de espera que são naturais no dia 12”, completa Mason.

  

Comentários