Câmara de Amparo aprova Moção de Pesar a Jesus Chedid

Os votos de pesar dos vereadores de Amparo pelo falecimento de Jesus Adib Abi Chedid foram registrados na Moção de Pesar nº 010 / 2022, na sessão do dia 6 de junho. Jesus era prefeito de Bragança Paulista, tinha 83 anos e faleceu no dia 2 junho. 

“Estava em seu quinto mandato à frente da Prefeitura de Bragança Paulista e foi duas vezes chefe do Executivo em Serra Negra. Desde pequeno, teve contato com a política e com o ramo de transportes coletivos. Nascido em São Paulo, era filho de Hafiz Abi Chedid e de Saada Nader Abi Chedid, que emigraram para o Brasil em 1938, a bordo do transatlântico italiano Oceania. Aos 13 anos, chegou a Bragança Paulista, juntamente com sua família. Deixa viúva a senhora Marilis Reginato Abi Chedid (com quem era casado desde 1964)e deixa os filhos Edmir José Abi Chedid (deputado estadual), Elmir Kalil Abi Chedid (prefeito de Serra Negra), André Luís e Érika (ambos ex-vereadores de Serra Negra), além de 12 netos e uma bisneta”, diz o texto de sua Moção.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Carlos Cazotti (MDB), autor da Moção, ressaltou a comoção de toda cidade de Bragança Paulista durante o velório de Jesus Chedid. “A cidade parou para reverenciar o seu grande administrador. Uma pessoa que trabalhou em prol de Serra Negra e, principalmente, transformou a cidade de Bragança Paulista. Nada mais justo do que a Câmara Municipal de Amparo consignar esse registro de pesar aos familiares de Jesus”, declarou.

A votação foi unânime e estavam presentes os vereadores André de Oliveira (PP), Antonio Cesar Mineiro (MDB), Carlos Cazotti (MDB), Edilson Santos (DEM), Edison Alves (PT), Edilson José (Dil – PSD), Pastor Elson Batista (PL), Farlin Conrado (MDB), Janaina Pereira (PDT), Osmar Dorigan (MDB), Luiz Carlos (Carlitinho – PSDB) e Rosa Montini (PSDB).

  

Comentários