Conferência Municipal dos Direitos da Criança tem etapa com público de 7 a 17 anos

 

Crianças e adolescentes de 7 a 17 anos de entidades socioassistenciais e escolas municipais participaram nesta quarta-feira, 26, da Etapa Lúdica da VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. É a primeira vez que o público-alvo das discussões participa efetivamente do processo de elaboração de propostas a nível municipal, estadual e federal. O vice-prefeito Mário da Fonseca participou da abertura.

“Nada mais justo do que ouvir deles sobre seus direitos e deveres. Eles têm perfeitas condições de se posicionar e surgiram coisas incríveis. Foi uma troca de experiências muito rica entre idades, núcleos, vivências”, avaliou a Secretária de Promoção Social Regina Ramil Marella.

O encontro foi sediado no auditório da AIPA (Associação Itapirense de Preparo do Adolescente) e contou com a participação de 120 crianças e adolescentes. A programação englobou uma parte técnica com palestras, discussão de eixos temáticos, apresentação e votação das propostas que foram intercaladas por apresentações. Também foi feita a eleição dos delegados que participarão da Etapa Geral.

A organização de toda a conferência foi feita por uma comissão criada dentro do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) e que tem como presidente a psicóloga Beatriz Brandão. “Essa etapa era algo que nos preocupava porque não sabíamos ao certo como seria reunir tantas crianças e adolescentes para discutirem os assuntos propostos. Mas a comissão organizou tudo muito bem e tudo saiu melhor que o planejado. Agradeço a todos da comissão pelo empenho e aos participantes que deram um show de cidadania”, completou Regina.

A Etapa Geral da VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente acontece no dia 9 de novembro das 8h00 às 16h00 no Auditório da AIPA.

 

  

Comentários