Conheça melhor o candidato a prefeito Alberto Rizzoni

Por: Alessandra de Souza

Na edição do jornal deste sábado, foi entrevistado o candidato ao cargo de Prefeito de Jaguariúna, Professor Alberto Rizzoni, jaguariunense de 58 anos. Alberto é pedagogo, licenciado em Ciências pela PUC-Campinas, pós-graduado em Gestão Pública. Trabalha na área da educação, há 36 anos, sendo 18 anos como diretor escolar. Candidatou-se ao cargo de prefeito, pela primeira vez. Concorre como vice-prefeito, o médico Dr Elcio Hirano, que faz parte do corpo clínico e docente do Hospital das Clínicas (HC) da Unicamp. Seu partido, o PSD, não faz parte de nenhuma coligação. A seguir, o eleitor poderá conhecer um pouco mais, sobre o candidato e suas propostas de governo.

Jornal: Qual sua história de vida no que se refere a sua atuação social (relacionamento com comunidade em geral) quando e em que nível já esteve ou está dedicando a alguma ação de interesse público?
Alberto: Sou educador, e esta é uma arte! Dediquei minha vida toda ao social, pois um professor tem este poder e a meu ver, esta função. Durante os meus 35 anos de trabalho na educação, como professor e diretor, juntamente com a comunidade, pude realizar diversas ações sociais, buscando apoiar emocionalmente e dar um norte aos menos favorecidos, mas principalmente no seu intelectual. A fase de formação de um jovem, se faz necessário tal apoio. Fiz parte do CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança), e tive a oportunidade de orientar pais e alunos, buscando uma sociedade mais ativa e menos agressiva. Fiz me dedicar aos jovens, junto com a comunidade promovendo diversas ações sociais.

Jornal: Quais as principais propostas da sua campanha eleitoral?
Alberto: Venho com a proposta de uma gestão transparente, onde a população será ouvida em todos os segmentos. Acredito, que este seja o caminho para conduzir uma cidade, que possui uma ótima arrecadação e que só precisa ouvir e realizar os desejos dos munícipes, sempre de forma planejada e dentro de prioridades e da legalidade. Principalmente nas áreas de: saúde, educação, moradia, segurança, empregos e transporte.

Jornal: Quais são as principais linhas programáticas do seu partido e seus valores éticos políticos?
Alberto: Num momento crítico, por qual vem passando nosso país, onde a corrupção está estampada em todos jornais e mídia, e que é sentida pela população, principalmente as mais carentes, não se pode deixar de falar em ética. Gosto de política e trabalho pela ética dentro do meu partido. Estamos numa cidade pequena, em relação às grandes metrópoles, portanto temos que ser o mais transparente possível, acredito que podemos fazer a diferença. Temos a população ao nosso lado, observando nossos passos e ações.

Jornal: Caso eleito, como pretende contribuir para superar os graves problemas de abastecimento, desemprego e trânsito?
Alberto: Pouco se foi feito para solucionar tais problemas. Na minha gestão o empreendedorismo será uma das formas de emprego e renda. Trarei para Jaguariúna escolas técnicas, usarei os espaços das escolas, que estão disponíveis no período noturno para cursos preparatórios e entrarei em contato com as empresas instaladas em nosso município e as que ainda virão, para saber qual é o tipo de mão de obra necessária para assim capacitar os jovens para poderem assumir estas vagas. Com parcerias e incentivos, as próprias empresas poderão também auxiliar na capacitação destas pessoas. A questão do abastecimento será organizada pela minha equipe técnica, através melhoria da captação da água (20 anos se passou e nada foi feito), inclusive o atual prefeito fez um empréstimo, mas nenhuma obra. Farei incentivos para que o produtor rural consiga oferecer em nossa própria cidade seus produtos, reduzindo assim preços e melhorando a vida do trabalhador rural. Quando se fala em trânsito, não se pode esquecer da mobilidade urbana como um todo, Jaguariúna se faz necessário um estudo criterioso para fluidez de autos e pedestres com eficiência, e segurança principalmente para deficientes e idosos, devemos reformular algumas ruas e entroncamentos. Acredito que o crescimento desordenado da cidade, também causa problemas quanto ao trânsito, por isto minha equipe ficará responsável, por garantir que haja uma infraestrutura nos nossos loteamentos e empreendimentos imobiliários.

Jornal: Como considera os servidores públicos, sem os quais não é possível administrar e que relação pretende ter com eles?
Alberto: Considero o funcionário público como o alicerce de uma cidade, temos que valorizá-los e fornecer formação contínua, porque são eles que fazem a máquina andar. A prefeitura se caracteriza como sendo apenas um prédio, se não houver o trabalho efetivo dos funcionários, em todas as áreas em que atuam. Dentro do quadro existente, buscarei formar minha equipe, que fará toda a diferença e trará uma excelente gestão para o Município, pois são capacitados e sabem do que cada setor necessita. Utilizarei os profissionais, que se destacam em cada setor da prefeitura para compor minha equipe.

Jornal: Como se posiciona em relação aos recorrentes escândalos nacionais de corrupção?
Alberto: A corrupção ocorre se tiver mão dupla, (o corruptor, e o que se corrompe). Na minha gestão, por ser independente, sem conchavos e acordos políticos, não daremos chance para que isso ocorra. Uma gestão pautada em transparência, eliminará em nossa cidade, este mal que assola o nosso país.

Jornal: De onde vem os recursos da sua campanha?
Alberto: Minha campanha é simples, com poucos recursos. Não utilizamos valores de fundo eleitoral, nem de Fundão, e está sendo feita com recursos próprios. Não tenho e nem pretendo gastar muito, confio que as pessoas que me conhecem e confiam no trabalho que pretendo desenvolver em Jaguariúna, serão os meus disseminadores. Esse dinheiro oriundo de Fundão e Fundos Eleitorais deveria ser investido em saúde, educação, segurança etc. Nossa Campanha é olho no olho. É na raça.

Jornal: Caso seja eleito, como deseja administrar a cidade com a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus?
Alberto: Com organização e transparência, devo em primeiro lugar mapear os setores que foram mais atingidos e buscar recursos para solucionar tais problemas, mais uma vez a população será ouvida, para assim trabalharmos juntos. Administraremos a cidade, valorizando cada centavo do dinheiro público, enxugaremos a máquina, cortaremos cargos comissionados, facilitaremos a vida do microempreendedor. Junto com a iniciativa privada, vamos aquecer o turismo, retornando o rural, olhando para os pequenos agricultores. Capacitaremos nossa população, para que se tornem empreendedores, investiremos muito na economia criativa e assim gerando também mais emprego e renda.

Jornal: Como foi feita a escolha de pré-candidato a Prefeito e Vice Prefeito por parte do partido/coligação? A escolha foi consensual?
Alberto: Sim, a escolha foi por unanimidade. Não temos coligação, saímos com chapa pura! Sou professor e sei da importância em preparar os jovens e adultos para a vida, social e profissional. Sei também, que a saúde precisa do olhar cuidadoso de um gestor, pensando assim, nada melhor do que ter um vice prefeito médico, capacitado, em gestão pública, assim como eu, e que possui enorme conhecimento na área da saúde. Doutor Elcio, trabalhou muito tempo em nossa cidade, conhece as pessoas e suas necessidades, hoje é professor e trabalha no hospital de referência da Unicamp, juntos trabalharemos por uma Jaguariúna melhor.

Jornal: Se confirmada sua eleição, quais serão as propostas concretas para as políticas públicas mais importantes na cidade, os recursos e as maneiras de implementá-las?
Alberto: Implantaremos uma Gestão Pública, baseada em projetos e muito planejamento, formularemos políticas efetivas nas áreas de saúde, segurança, educação. Não faremos politicagem, utilizaremos todos os recursos de forma planejada e eficiente, temos o compromisso com a população, de fazer o melhor para a nossa cidade, pois nosso lema é: Proposta, Projeto e Palavra, temos seriedade e transparência.

  

Comentários