Devido a redução de 4,4% nas refinarias, preço da gasolina deve diminuir em Engenheiro Coelho

Cotação da gasolina nas refinarias da petroleira chegou a acumular alta de 14,6%

A Petrobras reduziu 4,4% os preços da gasolina vendida em suas bases e refinarias, sem impostos. Em média, o valor do combustível ficou de R$ 1,9543 o litro, contra os R$ 2,0450 que estavam em vigor desde abril. Com a redução, a gasolina pode ficar mais barata nos postos de combustíveis de Engenheiro Coelho.

Apesar da alta do dólar nos últimos dias, os preços dos combustíveis foram beneficiados com a queda dos preços do petróleo no mercado internacional. Somente em maio, o petróleo acumula uma redução em seus preços da ordem de 4,8%, sendo cotado a US$ 68,69 o barril nesta sexta-feira (24).

Esse ano, a cotação da gasolina nas refinarias da petroleira chegou a acumular alta de 14,6% no total.  Os reajustes da Petrobras foram quase que diários. No ano passado, diante de forte volatilidade nos valores, a empresa até anunciou um mecanismo para ajudar a segurar altas na gasolina e no diesel. Segundo informações da empresa, o reajuste ocorria devido a uma leve alta nos preços do petróleo no mercado internacional, além da desvalorização do real frente ao dólar.

Mas agora, o  consumidor coelhense já pode esperar uma queda. O valor praticado no município estava abaixo dos R$ 4,10 que é a média estadual. Mesmo assim, o motorista que encontrava o litro entre R$ 3,89 e R$3,99 nos postos de combustíveis de Engenheiro Coelho poderá contar com um reajuste nas bombas nos próximos dias.

A Petrobras decide sobre os preços dos combustíveis com base em fatores como a cotação internacional do petróleo e o câmbio, mas uma sistemática em vigor desde setembro prevê o uso de operações de hedge para permitir um espaçamento maior entre os reajustes.

 


Comentários