“Dia D” vacina 7 mil pessoas em Amparo

Amparo iniciou sua campanha de vacinação no último sábado, dia 30 de abril, com a imunização de sete mil pessoas. As vacinas do “Dia D”, assim como em diversas regiões do país foram insuficientes para a demanda, que este ano está acima da média, devido ao aumento do número de casos de H1N1 no país. Já na manhã de segunda-feira, dia 2 de maio, a vacinação foi retomada com a chegada de 2.500 novas doses, fornecidas pela Secretaria Estadual da Saúde.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde Maria Silvia Bergo Guerra, as vacinas recebidas foram entregues de acordo com a média dos anos anteriores: “Apesar da procura ser maior, o município vai continuar a vacinação, recebendo as doses gradualmente”, explicou a secretária.

Outro fator para ser observado, de acordo com Maria Silvia é o uso da automedicação feita pelos pacientes que apresentam os sintomas da doença. “O Tamiflu é um antiviral exclusivo da H1N1. É muito grave fazer o uso errado desta medicação. Primeiro pelo fato de que o vírus pode desenvolver resistência a esse medicamento e ele deixar de funcionar a algum tempo. Ele tem grandes efeitos colaterais na função renal e hepática e não dever ser usado sem uma recomendação médica bem restrita”, sintetizou.

As etapas da campanha

Nesta semana estão sendo vacinadas pessoas com 60 anos ou mais de idade, as crianças entre seis meses e menores de cinco anos de idade, os indígenas, gestantes, puérperas e os profissionais de saúde que trabalham em hospitais e Unidades de Pronto Atendimento público e privado e nas Unidades Básicas de Saúde.

A partir da segunda-feira, dia 9 de maio, as doses serão para pessoas com doenças crônicas e funcionários públicos que tem contato indireto com a população.

Matéria: Moisés de Camargo

vacinacontraagripe

  

Comentários