Dia Mundial da Adoção será comemorado em Jaguariúna

O Grupo de Apoio à Adoção de Jaguariúna (GAPA) promove no dia 9 de novembro um encontro festivo no Parque dos Lagos, a partir das 14h com, o tema Adoção e Adolescência. O encontro, que contará com música ao vivo e uma roda de conversa sobre o tema no quiosque do Parque dos Lagos II, marcará a comemoração do Dia Mundial da Adoção. A roda de conversa será aberta ao público e contará com o depoimento de famílias adotivas. O trabalho é desenvolvido pelo GAPA, projeto realizado pelos alunos do curso de psicologia (estagiários do último ano) da UniFAJ em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

O evento ainda terá a presença dos alunos do 4º semestre do curso de psicologia da UniFAJ que farão outras atividades relacionadas à adolescência. Eles estão desenvolvendo um projeto que se chama “Adoles-sendo”.

“Para nós é uma oportunidade muito importante porque os alunos têm a possibilidade de vivenciar a prática daquilo que eles aprendem no curso, e uma prática com responsabilidade social, uma vez que teremos o envolvimento de toda a comunidade de Jaguariúna”, comenta a professora Vanessa Cabrelon Jusevicius, coordenadora do curso de psicologia.

O projeto Adoles-sendo contará com a participação de Alumni (profissionais formados pelo curso de psicologia da UniFAJ) que fundaram o “Coletivo Florescer Psicologia”, que tem como missão contribuir com o desenvolvimento e a promoção da saúde psicossocial da comunidade, de forma ética e acessível. Os psicólogos do Coletivo Florescer Psicologia têm experiência na área jurídica e psicossocial sendo que vários de seus integrantes, foram estagiários do GAPA e hoje, já profissionais diplomados podem contribuir com as intervenções propostas oferecendo esclarecimento e suporte à comunidade que comparecer ao evento.

De acordo com números do Sistema Nacional de Adoção, existiam no Brasil 45.900 pessoas cadastradas como pretendentes até o final de abril deste ano. Neste mesmo período, constavam mais de 9.500 crianças e adolescentes aguardando uma família. Deste total, mais de 3 mil adolescentes disponíveis para adoção.

A adoção nesta faixa etária ainda é um assunto permeado de tabus. Existe o receio dos pretendentes de não conseguir formar vínculo com alguém que já tem o “caráter moldado” e também de lidar com as crises de rebeldia e a sexualidade do adolescente. “Na contramão do que indica o senso comum, vivências familiares compartilhadas nos grupos de apoio à adoção com quem temos contato têm provado o contrário: a capacidade de acolhimento e amor imprimem uma plasticidade incrível aos relacionamentos humanos, e o que a destrói é a invisibilidade”, destaca a pedagoga Solange Castanhassi, ativista da causa adotiva de Sumaré (SP).

O que é o GAPA

O Grupo de Apoio à Adoção de Jaguariúna foi criado em agosto de 2016. Funciona a partir de uma parceria entre a Vara da Infância e Juventude da comarca local e a UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna), com o apoio do poder público municipal e é operacionalizado por professores e estudantes do curso de Psicologia da instituição de ensino superior.

O objetivo é oferecer espaço para informação e reflexão para pretendentes à adoção e pais adotivos, estimular a cultura de adoção e o exercício da parentalidade responsável. Proporcionar convivência e troca de experiências entre pretendentes e famílias que já concretizaram a adoção, visando especialmente à naturalização da adoção como mais uma forma de filiação, também é uma finalidade essencial desta iniciativa.

O grupo se encontra em reuniões mensais realizadas nas últimas sextas-feiras de cada mês a partir das 19h nas dependências da Interclínicas da UniFAJ.

Para saber mais, siga o GAPA nas redes sociais, onde os encontros regulares do grupo são divulgados: https://www.facebook.com/gapajagua/

https://www.instagram.com/gapajaguariuna/

Dia Mundial da Adoção

Fundado por Hank Fortner, o Dia Mundial da Adoção é, segundo o site da iniciativa, um dia para celebrar a família e promover a conscientização para a adoção.

O símbolo da campanha é um rosto sorridente, que pode ser desenhado na mão e postado nas mídias sociais com a hashtag #WorldAdoptionDay, para aumentar a visibilidade para milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo que estão esperando por uma família.

Saiba mais sobre este movimento: https://www.angaad.org.br/por-que-o-rosto-sorridente/

 


Comentários