Doadoras de leite humano recebem homenagem em Itapira

O Banco de Leite Humano de Itapira realizou uma homenagem para todas as mães doadoras de leite humano, comemorativo ao Dia Mundial da Doação de Leite Humano, que oficialmente é celebrado no dia 19 de maio. A cerimônia ocorreu na terça-feira a tarde, dia 24 de maio, nas dependências da Sala de Reuniões do Hospital Municipal de Itapira e reuniu, além das mães e bebês, pais, familiares, o prefeito José Natalino Paganini, a secretária de saúde Rosa Ângela Iamarino e servidores da Secretaria Municipal de Saúde.

O evento teve início com o discurso de agradecimento da enfermeira responsável pelo Banco de Leite Humano de Itapira, Juliana Bellinello, que enfatizou a importância do ato, que inclusive pode salvar vidas. Em seguida, a secretária Rosa Iamarino falou do bom trabalho desenvolvido pela unidade e parabenizou as doadoras pela ajuda mútua.

Por sua vez, o prefeito José Natalino Paganini se emocionou ao lembrar que ele mesmo, quando bebê, precisou de leite materno de outra mulher. “Minha mãe me conta que, quando eu nasci, em 1953, ela teve problemas com a amamentação. E eu tive uma ama de leite, que era minha vizinha, dona Aparecida Topan, por quem tenho um carinho imenso”, recordou.

Um vídeo sobre a importância da doação de leite materno foi exibido e emocionou grande parte das mães, especialmente Caroline Prado, mãe dos gêmeos Davi e Lucas, que nasceram de 34 semanas e necessitaram do leite materno do Banco de Leite Humano. Tanto no depoimento gravado como pessoalmente, Caroline agradeceu a todas as doadoras pelo ato de amor. “Eles ficaram 14 dias na UTI e precisaram do leite. Eu agradeço a vocês, que ajudaram os dois com a doação”, disse emocionada para as doadoras.

Para marcar a data, todas as doadoras receberam um certificado do Banco de Leite Humano e todos os bebês receberam capelos, simbolizando a primeira formatura de cada um. Antes do término da cerimônia, foram eleitas as Misses Doadoras, que contribuíram com o maior volume de leite. A segunda colocada foi Tatiane Garcia Ferreira, 15 anos e mãe de Davi, de seis meses. Ela colaborou com 11,3 litros. “Desde que engravidei eu já falava para minha mãe que queria doar leite. Assim que saí do Hospital eu entrei em contato com o Banco de Leite porque não conseguia amamentar. Elas me ajudaram e depois, como eu comecei a ter muito leite, elas me ensinaram a retirar o leite para doação. Se eu tivesse mais continuaria doando”, conta. Em relação ao depoimento da mãe Caroline, Tatiane disse ter ficado feliz em poder ajudar. “Foi emocionante ouvir o depoimento dela. Fico feliz de ter ajudado”, concluiu.

O Banco de Leite Humano do Hospital Municipal funciona há quinze anos e atualmente a equipe é formada hoje pela médica pediatra Regina Angelina Ledenik Finelli, pela enfermeira Juliana Belinello e pelas técnicas de enfermagem Alcione Vaz e Daniela Nunes. Único na região da Baixa Mogiana, atende os municípios de Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Estiva Gerbi, de onde também recebe doadoras.

Números
De janeiro a abril deste ano a unidade coletou 87,4 litros de leite humano, dos quais 19,1 litros foram distribuídos no Hospital Municipal, 2,9 litros para o Hospital São Francisco de Mogi Guaçu, 27,2 litros para a Santa Casa de Mogi Guaçu e 25,5 litros para a Santa Casa de Mogi Mirim. No mesmo período foram contabilizados 122 doadoras e 106 receptores. No mesmo período foram realizados 387 atendimentos individuais, 38 atendimentos em grupo e 341 visitas domiciliares.

  

Comentários