Educação organiza retorno das aulas presenciais para 31 de janeiro

Após um período conturbado causado pela disseminação do coronavírus, a Secretaria Municipal de Educação organiza-se para um novo começo com o retorno das aulas presenciais no próximo dia 31 de janeiro. Cerca de 17 mil alunos da rede municipal de ensino devem voltar a frequentar os bancos escolares após quase dois anos de aulas remotas.

 

O secretário municipal de Educação, Paulo Paliari, explicou que, para o retorno presencial, serão seguidos todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19, principalmente nesse momento em que os casos da doença e de síndromes gripais vem apresentando aumento nos números.

 

“Estamos nos programando para voltarmos com as aulas presenciais na data estipulada com a utilização de máscaras, álcool em gel e higienização frequentes dos ambientes. Todos os professores, funcionários das escolas e alunos serão obrigados a respeitar as regras de prevenção”, disse ele.

 

Paulo Paliari frisou que, apesar da pasta estar organizando o retorno das aulas presenciais em 31 de janeiro, poderá ocorrer alteração por conta dos números da doença. Mas que uma avaliação já está sendo feita diariamente. “Caso esse cenário permaneça, teremos que optar de novo pelas aulas remotas. Mas estamos avaliando e acompanhando os números”, comentou.

 

Escolas

A higienização das unidades escolares começará no dia 26 de janeiro, data que termina o recesso dos professores e funcionários das 25 Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental), 32 Emeis (Escolas Municipais de Ensino Infantil) e 21 CEIs (Centros de Educação Infantil). “Utilizaremos água, álcool e cloro para a higienização dos ambientes, sendo este o meio mais eficaz para a realização desta prevenção. Este trabalho será feito pelos servidores de cada uma das escolas”, falou o secretário.

 

Também continuam sendo realizados os serviços de roçagem, de limpeza, higienização de caixas d’água e pintura das escolas para o retorno das aulas. O trabalho deve ser concluído até o final de fevereiro. Ao todo, 80 prédios receberão as ações de manutenção.

 

Uniformes

Uma novidade para o ano letivo de 2022 será a distribuição de kits de uniformes escolares para os 17 mil alunos da rede municipal de ensino, que serão entregues no segundo semestre para cada estudante. Projeto de Lei autorizando a distribuição foi aprovado pela Câmara Municipal em sessão extraordinária, na última terça-feira, 11 de janeiro.

 

A distribuição dos uniformes integra o projeto de organização escolar, no qual cada aluno da pré-escola ao ensino fundamental vai receber um kit com uma calça, duas camisetas, dois shorts ou shorts-saia. “A utilização do uniforme facilita a identificação dos alunos e nas ruas a comunidade consegue identificar de qual escola o mesmo pertence”, finalizou Paliari.

 

  

Comentários