Equoterapia como tratamento é uma realidade em Estiva Gerbi

A equoterapia, também chamada de hipoterapia, é um tipo de terapia com cavalos que serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo. Ela serve para complementar o tratamento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.

Para o tratamento de deficientes com cavalo é necessário frequentar um local específico, pois o cavalo deve ser manso, dócil e bem treinado para que os resultados do tratamento não sejam comprometidos.

A Prefeitura de Estiva Gerbi através do Departamento de Saúde, custeia sessões de equoterapia no Rancho L.U.S com a supervisão e acompanhamento de fisioterapeutas, psicólogas e psicopedagogas.

Veja abaixo alguns casos que são atendidos pela Administração:

Guilherme é um paciente com dificuldade de concentração e dislexia, que realiza exercícios específicos com o uso do cavalo.

Enzo possui diagnóstico de autismo, não fala, tem uma difícil socialização e necessita de estimulação diferenciada para obter evoluções comportamentais.

Os pequenos Nikolas e Luiz Gustavo são totalmente dependentes, não andam, não falam, não comem sozinhos e com a equoterapia, os quadros clínicos estão evoluindo com um ótimo prognóstico de melhora.

O paciente Richard é totalmente dependente com alto comprometimento físico e intelectual, porém, com a equoterapia, sua capacidade motora está melhorando, além de adquirir controle de cabeça e tronco.

Já para Melissa que também possui déficit de atenção e concentração, a sessão de equoterapia trabalha com equilíbrio, coordenação motora e concentração com atividades lúdicas diferenciadas.

As profissionais de saúde acompanham e realizam avaliações periódicas das atividades executadas com o objetivo de oferecer o melhor tratamento possível para cada paciente.

  

Comentários