fbpx

Famílias contempladas com casa do Ypê Amarelo participam de atividades

Foi realizada nesta segunda-feira, dia 20 de junho, no Teatro Tupec do Centro Cultural, a primeira das três reuniões de trabalho social dos contemplados com casas do Residencial Ypê Amarelo. O encontro contou com a participação do prefeito Walter Caveanha, da secretária de Promoção Social, Mariana Martini, e da coordenadora do Setor de Habitação, Ronise Tonietti.

Orientações e esclarecimento foram prestados por Ronise e também pelo gerente regional da Caixa Econômica Federal, Diego Carraro, e a representante da Riwenda, Eliane de Lima. Os mutuários devem assinar o contrato até o dia 30 deste mês. Caveanha informou que a previsão é de que as casas sejam entregues em novembro.

Antes do início da reunião, as famílias contempladas retiraram convites para visitar o empreendimento. As visitas começaram nesta quarta-feira em grupos de 50 pessoas, de meia em meia hora. A visitação às casas será feita até sexta-feira, dia 24. Um ônibus transporta os grupos no trajeto interno. Neste primeiro dia de visitas, os futuros moradores participaram do plantio de mudas de ypê.

Os visitantes foram recebidos pelo secretario de Governo e diretor da Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro”, Márcio Antonio Ferreira, que começou a entrega das mudas. Walter Caveanha e a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Amélia Franco de Oliveira Caveanha, participaram do plantio.

A ação contou com a presença de Mariana Martini e da secretária de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Maria Otília Pappa. As mudas, de ypê de jardim e ypê amarelo, foram semeadas por alunos da rede municipal e cultivadas no viveiro que a SAAMA mantém no campus da “Franco Montoro”.

A variedade ypê de jardim é para plantio nas calçadas, em frente das casas. A de ypê amarelo, que dá nome ao residencial, é para áreas que circundam o empreendimento. Mais duas reuniões de trabalho social estão agendadas nestas terça e quarta-feira, para os contemplados de número 501 até 1.000 e de 1.000 acima, respectivamente. A primeira reunião foi com os de 0 a 500.

As visitas, das 8h30 às 10h30 e das 13h às 15h30, prosseguem até sexta-feira. Os visitantes devem ir até o empreendimento por meio de transporte próprio. Os ônibus fretados só percorrem o trajeto interno.

Matéria: Prefeitura de Mogi Guaçu

  

Comentários