GCM registra mais de 5 mil autuações em 2016

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Mogi Guaçu divulgou nesta semana o balanço das autuações ocorridas no ano de 2016. Foram um total de 5 mil autuações realizados ano passado.

Dentre os atendimentos 3.780 são de multas de trânsito e 2.085 de registro de boletins de ocorrência. De acordo com o relatório tráfico de entorpecentes, acidentes de trânsito com vítima e infração de trânsito são as que apresentam o maior número de ocorrências.
Segundo o comandante da GCM de Mogi Guaçu, Claudemir Adorno da Costa, a corporação foi bastante atuante no município em 2016. “A nossa média mensal é de 10 prisões, isso mostra que a GCM é bastante atuante”, pontuou.

De acordo com o comandante no ano passado a GCM conseguiu autuar vários pichadores, realizou abordagens policiais. “A GCM representa grande parte das autuações, nos realizamos cerca de 400 autuações por mês”, explica. A central de regulação da Guarda recebe em média 350 ligações por dia. E de acordo com Adorno os guardas chegam a patrulhar por dia cerca de dois mil quilômetros.

Estrutura
De acordo com a secretária de Segurança, Judite de Oliveira, o município possui atualmente uma frota de 17 veículos para patrulhamento, sendo 10 veículos alugados, cinco adesivados que pertencem a Prefeitura e dois descaracterizados. A corporação ainda possui um efetivo total de 131 guardas.

Adorno concorda com a secretária a respeito de ter a necessidade de haver contratação de novos agentes. “Nós já solicitamos ao prefeito a contratação de mais efetivo, pois temos concurso público válido que foi feito ano passado, agora temos que aguardar a posição do Executivo sobre qual será o melhor momento para fazer essas contratações”, explicou.

Para o comandante a estrutura atual da GCM é adequada para servir as necessidades de Segurança do município. “Em termos de equipamentos nós estamos bem amparados, temos convênio com a Polícia Federal, o nosso alvará está em dia e todos os guardas passaram por treinamentos recentemente”, avalia.

balanco-gcm-2

  

Comentários