Governo do Estado faz quinta atualização do Plano São Paulo

O governo de São Paulo apresentou nesta sexta-feira, 03, a quinta  atualização das regiões do estado de acordo com o Plano São Paulo de reabertura da economia de acordo com fases. A região de Campinas, Piracicaba, Araçatuba, Sorocaba, Bauru Franca, Marília, Ribeirão Preto, Presidente Prudente e Registro foram rebaixados para fase vermelha.

Os cinco critérios que baseiam a classificação das regiões são:

  1. – ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs);
  2. – total de leitos por 100 mil habitantes;
  3. – variação de novas internações, em comparação com a semana anterior;
  4. – variação de novos casos confirmados, em comparação com a semana anterior;
  5. – variação de novos óbitos confirmados, em comparação com a semana anterior.

O critério que tem maior peso na classificação de cada região é a variação de novas internações (peso 4), seguido pela taxa de ocupação de UTIs (peso 3). Especialistas criticaram o plano quando ele foi lançado, pois discordam do peso diferente e das notas de corte de cada critério.

Esses critérios definem em qual das cinco fases de permissão de reabertura a região se encontra:

Fase 1 – Vermelha: Alerta máximo

Fase 2 – Laranja: Controle

Fase 3 – Amarela: Flexibilização

Fase 4 – Verde: Abertura parcial

Fase 5 – Azul: Normal controlado foi rebaixada para a fase vermelha, mais restrita, devido à piora nos indicadores de saúde.

As regiões na fase laranja, o governo já havia anunciado a possibilidade de que o funcionamento do comércio de rua fosse ampliado para 6 horas diárias, mas por 4 dias na semana. As regras anteriores permitiam o funcionamento por apenas 4 horas diárias.

Por conta de problemas técnicos no sistema de notificações, a Secretaria da Saúde não divulgou, na coletiva desta sexta (3), a atualização do total de casos confirmados. Apenas o número de novas mortes registradas de quinta (2) para sexta foi divulgado. Foram 343 novos óbitos confirmados em 24h.

O coordenador do comitê de saúde, Paulo Menezes, disse que os dados devem ser publicados ainda nesta sexta. “Assim que nós concluirmos esse processo técnico, nós vamos divulgar, ainda hoje, eu espero, os números de casos confirmados do dia”, disse Paulo Menezes.

Apesar da falha na atualização diária, a equipe do Centro de Contingência apresentou os dados dos indicadores semanais (atualizados até quinta-feira) que são utilizados para a classificação das cidades por cores. A região de Campinas teve ocupação de 80% dos leitos de UTI, o que fez com que fosse rebaixada de fase.

Fase Vermelha

Região de Campinas

ÁGUAS DE LINDÓIA, AMERICANA, AMPARO, ARTUR NOGUEIRA, ATIBAIA, BOM JESUS DOS PERDÕES, BRAGANÇA PAULISTA, CABREÚVA, CAMPINAS, CAMPO LIMPO PAULISTA, COSMÓPOLIS, HOLAMBRA, HORTOLÂNDIA, INDAIATUBA, ITATIBA, ITUPEVA, JAGUARIÚNA, JARINU, JOANÓPOLIS, JUNDIAÍ, LINDÓIA, LOUVEIRA, MONTE ALEGRE DO SUL, MONTE MOR, MORUNGABA, NAZARÉ PAULISTA, NOVA ODESSA, PAULÍNIA, PEDRA BELA, PEDREIRA, PINHALZINHO, PIRACAIA, SANTA BÁRBARA D’OESTE, SANTO ANTÔNIO DA POSSE, SERRA NEGRA, SOCORRO, SUMARÉ, TUIUTI, VALINHOS, VARGEM, VÁRZEA PAULISTA, VINHEDO.

 

Região de Piracicaba

ÁGUAS DE SÃO PEDRO, ANALÂNDIA, ARARAS, CAPIVARI, CHARQUEADA, CONCHAL, CORDEIRÓPOLIS, CORUMBATAÍ, ELIAS FAUSTO, ENGENHEIRO COELHO, IPEÚNA IRACEMÁPOLIS, ITIRAPINA, LEME LIMEIRA, MOMBUCA,  PIRASSUNUNGA,RAFARD, RIO CLARO, RIO DAS PEDRAS, SALTINHO, SANTA CRUZ DA CONCEIÇÃO, SANTA GERTRUDES, SANTA MARIA DA SERRA,SÃO PEDRO

Fase Laranja

Região de São João da Boa Vista

AGUAÍ, ÁGUAS DA PRATA, CACONDE, CASA BRANCA, DIVINOLÂNDIA, ESPÍRITO SANTO DO PINHAL, ESTIVA GERBI, ITAPIRA, ITOBI, MOCOCA, MOGI GUAÇU, MOGI MIRIM, SANTA CRUZ DAS PALMEIRAS, SANTO ANTÔNIO DO JARDIM, SÃO JOÃO DA BOA VISTA, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA, TAMBAÚ, TAPIRATIBA, VARGEM GRANDE DO SUL.

  

Comentários