Grito Rock movimenta Praça dos Pioneiros com arte e som independente

A Prefeitura realizou na tarde do último domingo, dia 26 de março, na Praça dos Pioneiros, a segunda edição do festival Grito Rock, de música independente. O evento contou com shows das bandas Voltare, de Rio Claro; Finder, de Holambra; Garage Machine, de Espírito Santo do Pinhal; e The Zé’s, de Jaguariúna, além de outras manifestações culturais como artesanato, desenho, pirotecnia e poesia. Com entrada gratuita, a iniciativa reuniu ao longo do dia cerca de 200 pessoas.

O Grito Rock é um dos maiores festivais independentes do mundo, realizado através de iniciativas colaborativas de produtores locais.

O jovem Giovane de Souza Pereira, guitarrista da banda Finder e idealizador da edição holambrense do evento, explica que foi uma experiência muito positiva. “Uma verdadeira mistura de cultura jovem e clássica”, disse. “Tivemos uma grande aceitação. Agradeço muito a todos os músicos e participantes e, principalmente, à Prefeitura por estar acreditando nesse evento pelo segundo ano consecutivo, dando esse apoio máster”.

De acordo com o diretor municipal de Cultura e Eventos, Ariel Cahen, o objetivo de iniciativas como essa é proporcionar aos holambrenses de todas as idades a oportunidade de estar em contato a diversidade por meio de intervenções artísticas diferentes. “O Grito Rock nos permite cumprir esse papel”, disse.

Além da música, a loja Backspace promoveu durante o festival um campeonato de skate, premiando os praticantes a partir de pontos acumulados em cada manobra. O torneio contou com premiações cedidas pela loja aos três melhores colocados, que incluíram camisetas, tênis e peças de skate. O 1º lugar ficou com o holambrense Léo Lopes, seguido por Yean Florencio, de Artur Nogueira. O mogiano Lucas Teodoro ficou com a 3ª colocação.

Matéria: ASCOM

  

Comentários