fbpx

Guada Civil Municipal de Mogi Guaçu é 11ª em ranking de eficiência

A Guarda Civil Municipal de Mogi Guaçu é uma das mais produtivas em termos de atendimento a ocorrências policiais no estado, conforme levantamento estatístico da Secretaria de Segurança Pública paulista. O município ocupa a 11ª posição entre as 20 mais efetivas na ação de combate à criminalidade, com 736 registros durante o ano de 2015.

As 211 corporações existentes no estado, que totalizam um efetivo de mais de 30 mil profissionais entre homens e mulheres, apresentaram aos distritos policiais, durante o ano passado, 56.296 ocorrências. Desse total, 7.765 registros foram de flagrante delito.

A média é de 4 mil ocorrências e 560 flagrantes por mês. No caso de Mogi Guaçu, a média de ocorrências da mais diferente natureza foi de pouco mais de 60 por mês. O desempenho da Guarda Civil Municipal de Mogi Guaçu supera cidades como Praia Grande, Sorocaba, Guarulhos, São Bernardo do Campo e Bragança Paulista, entre outras.

Como seria natural, São Paulo lidera o ranking de ocorrências atendidas e levadas ao registro da Polícia Civil, com total de 3.836 durante o ano de 2015. A segunda posição é de Campinas (1.550) e a terceira de Barueri (também 1.550).

A interpretação da CONGM (Confederação Nacional das Guardas Municipais do Brasil) é de que as corporações vêm assumindo “cada vez maior responsabilidade com a segurança pública”, em razão do “descontrole da violência e criminalidade”.

Ainda de acordo com a CONGAM, “as guardas armadas e mais estruturadas contribuem muito mais na prevenção e na repressão aos crimes e têm muito mais condições de garantir segurança efetiva à população”.

Apoio

O prefeito Walter Caveanha foi informado dos números pelo atual Secretário de Segurança e Comandante Geral da GCM, Claudemir Adorno Costa. “Os índices demonstram a eficiência com que a nossa Guarda Municipal tem agido. Sinalizam sua presença permanente na rua e a capacidade da rápida presença nos pontos em que a criminalidade se manifesta”, analisa o prefeito.

“O desempenho reflete o profissionalismo, a competência e o destemor com que os profissionais da nossa Guarda Civil se dedicam às suas tarefas”, acrescenta Caveanha. “A ex-secretária Judite (de Oliveira) teve um papel importante. O mesmo ocorre com o nosso comandante Adorno (Claudemir Adorno Costa), profissional de alta competência e extremamente comprometido com as questões da segurança pública”, afirma o prefeito.

Walter Caveanha lembra que, desde 2013, quando do início da atual administração, a Guarda Civil Municipal vem recebendo todo apoio, mesmo diante das enormes dificuldades financeiras enfrentadas pelo Município. Notando que a Guarda Municipal foi criada há mais de 30 anos em sua primeira administração (9 de março de 1982), prefeito menciona a renovação da frota de viaturas, já por duas vezes na atual gestão.

Outras medidas foram a aquisição de armamentos mais modernos e a disponibilização de programas e cursos de aprimoramento, além de inúmeras outras iniciativas. “Certamente que tudo isso contribui para fortalecer assegurar bom desempenho à CGM”, prossegue o prefeito. “Posso afirmar que a Guarda Civil Municipal é um orgulho para Mogi Guaçu”, conclui Caveanha.

RANKING – OCORRÊNCIAS ANUAIS

1º – São Paulo – 3.836

2º – Campinas – 1.550

3º – Barueri – 1.550

4º – Limeira – 1.311

5º – Indaiatuba – 1.257

6º – Piracicaba – 1.161

7º – Americana – 1.080

8º – Paulínia – 964

9º – Jundiaí – 902

10º – Cotia – 791

11º – MOGI GUAÇU – 736

12º – Praia Grande – 734

13º – Sorocaba – 720

14º – Santana do Parnaíba – 711

15º – Santa Bárbara D’Oeste – 710

16º – Guarulhos – 636

17º – Itapevi – 629

18º – Salto – 615

19º – São Bernardo do Campo – 611

20º – Bragança Paulista – 581

Matéria: Prefeitura de Mogi Guaçu

  

Comentários