Igrejas Evangélicas vão realizar “Festa das Crianças”

Igrejas Evangélicas se prepararam para promover um Dia Especial, de muitas atividades e diversão para as crianças e os pais, em comemoração ao Dia das Crianças, celebrado em 12 de outubro. O evento acontecerá no sábado (10 de outubro), a partir das 8 horas, na quadra poliesportiva do Conjunto Rainha da Paz.

O principal objetivo do evento, que deve atrair um grande público – entre pais e filhos – é o de proporcionar um dia especial para as crianças, repleto de diversão e brincadeiras, além de refrigerante, pipoca, algodão doce e cachorro quente. Tudo só acontece porque dezenas de voluntários se prontificam a ajudar e fazer deste dia, algo extraordinário, uma gostosa Festa das Crianças.

Participam: Igreja Evangélicas Assembleia de Deus Renascer, Assembleia de Deus Sumaré, Igreja Salmos 23, Assembleia de Deus Gerezim, Assembleia de Deus Cubatão e Igreja Chamado para Semear. Unidas, através de seus membros, idealizaram várias atividades para a integração nas brincadeiras e nos momentos agradáveis de pais e filhos; além de pregações, história biblica, participação de Nicoly Menezes. A coordenação é do pastor Célio Menezes, com o apoio das Secretarias de Cultura e Turismo, Educação e Esportes e Lazer, da Prefeitura de Pedreira.

A entrada é de graça. O convite é tanto para a família quanto para as crianças. “Será um dia abençoado, oportunidade em que as crianças brinquem e aprendam sobre a palavra de Deus”, enfatizou o prefeito Carlos Pollo, que foi convidado a estar presente no evento.

“A ação que será realizada é para  comemorar o Dia das Crianças. Esta é a parte social das Igrejas participantes. Entendemos que para as igrejas fazerem parte da Comunidade, elas precisam contribuir com a coletividade. Uma forma delas retribuirem é atender todas as classes, principalmente as crianças, fazendo com que elas sorriem. É isso que todas as Representações estão se propondo a desenvolver. Para que as Igrejas sejam Igrejas elas têm de ser social, tem de praticar a filantropia, tem de se envolver com as pessoas. As Igrejas não são o prédio. É assim que se faz um papel diferente, ajudando no crescimento cristão e emocional das crianças, É dessa forma que entendo o papel das Igrejas, acentuou o pastor Célio Menezes.

 


Comentários