fbpx

Itapira: em sua primeira semana, Carreta da Mamografia realiza 208 exames

Depois de uma semana de funcionamento na cidade, a Carreta da Mamografia do Programa Mulheres de Peito do Governo do Estado divulgou os números dos primeiros quatro dias de atendimento. Entre os dias 3 e 7 de maio foram 208 mamografias realizadas.

Apesar do número considerável, as faltas frequentes das pacientes têm preocupado a Secretaria Municipal de Saúde. No período observado foram 17 ausências. Outro ponto observado é que algumas pacientes chegam para fazer o exame sem levar os documentos necessários (pedido médico, Cartão SUS, RG e comprovante de residência), o que impossibilita o atendimento.

As mamografias estão sendo agendadas exclusivamente pela Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde e a idade preconizada é de 35 a 49 anos para pacientes de alto risco (que já tenham algum problema na mama ou histórico de câncer na família) e acima de 50 anos, cujo protocolo indica a realização do procedimento a cada dois anos. As pacientes que aguardam o agendamento ou desejam fazer a marcação do procedimento devem procurar a Unidade Básica de Saúde de seu bairro e conversar diretamente com a enfermeira responsável.

A Carreta da Mamografia permanece no município até o dia 4 de junho. Os procedimentos estão sendo agendados sempre das 9h às 18h de segunda a sexta e das 9h às 13h aos sábados, com a oferta de 50 mamografias por dia entre segunda e sexta-feira e 25 aos sábados. Entre os dias 2 e 4 de junho o atendimento da carreta será exclusivo para a realização de ultrassonografias e biópsias das pacientes cujo resultado da mamografia exige exames complementares.

Caso a mulher não possa comparecer no horário agendado ela deve comunicar seu Posto de Saúde com pelo menos 24 horas de antecedência para que a vaga seja transferida. Em caso de dúvidas ou esclarecimentos, as usuárias deverão procurar a enfermeira responsável da Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência. Os resultados dos exames serão entregues pela Central de Regulação.

Matéria: Assessoria de Comunicação de Itapira

  

Comentários