Jovens atendidos pelo CRAS Cruzeiro do Sul são contratados pela EMBRAPA

Dois jovens atendidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), unidade Cruzeiro do Sul, participaram de um processo seletivo e foram aprovados e contratados como aprendizes pela EMBRAPA, instituição pública de pesquisa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil.

No total, seis jovens atendidos pelo CRAS Cruzeiro do Sul, foram encaminhados para participarem do processo seletivo promovido pela empresa RENAPSI – Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração, em Campinas. Desses, Jaodney Rian Maluf de Jesus (17) e Leticia Maria da Costa (17), se destacaram e firmaram contrato com a EMBRAPA.

Joadney e Leticia, são integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes que é executado pelo Cras Cruzeiro do Sul em parceria com o CIEE e o Time do Emprego que vislumbra a necessidade de uma intervenção com os jovens visando ações de caráter preventivo para essa faixa etária. O projeto visa dar subsídios ao jovem para uma inserção consciente no mercado de trabalho.

O contrato com os jovens foi firmado por meio da Lei Federal nº10.097/2000 ampliada pelo Decreto Federal nº5.598/2005, que determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.

O trabalho de capacitar o jovem vem ao encontro de políticas públicas sociais, para elevar a qualidade de vida da nova geração. Conforme a secretária de Assistência Social, Andréa Dias Lizun, o trabalho com os jovens é gratificante, ainda mais, quando surgem esses resultados. “O objetivo é prepará-los para o mercado de trabalho e alcançamos parte disso, sabemos que a educação e informação podem mudar a vida das pessoas”, comemorou a secretária.

  

Comentários