Mogi Guaçu apresenta “Alguma Eficiência” em ranking publicado pela Folha

O jornal Folha de São Paulo juntamente com o Datafolha lançaram no último dia 28 de agosto uma ferramenta inédita, em que mostra um estudo feito em todas as prefeituras do Brasil, apresentando quais entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros.

Mogi Guaçu foi classificada como “Alguma Eficiência” na gestão de recursos aplicados, com a nota de 0,491, ocupando a posição 1.554º no ranking.  Para a construção do Ranking de Eficiência dos Municípios-Folha (REM-F) foi avaliado os indicadores de Saúde, Educação, Saneamento e Receita Total apresentados por 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569 cidades brasileiras.

O índice é de zero a um, classificando os municípios em “Eficiente” (0,500 a 1), “Alguma Eficiência” (0,454 a 0,499), “Pouca Eficiência” (0,396 a 0,453) e “Ineficiência” (0 a 0,395).

Em dois componentes usados pela pesquisa Mogi Guaçu superou a média nacional. O Saneamento no município ficou com a nota de 0,966, bem acima da média nacional que é de 0,567. A Educação conquistou a nota de 0,643 e média do Brasil é de 0,509.

Já o componente de Saúde e de Receita Total ficou abaixo da média nacional, Na Saúde a nota foi de 0,302 e média do Brasil é de 0,500, já a Receita Total foi avaliada em 0,165 e a média nacional é de 0,166.

A receita utilizada pelo ranking é referente ao ano de 2013 que foi de R$ 391,6 milhões, o que representa uma receita per capita de R$ 2,701. Desse montante de R$ 391,6 milhões, 33% é destinado a Educação (32% é média nacional), 30% para Saúde (24% média nacional) e 2% para o Legislativo (4% média nacional).

O município possuía até 2014 um total de 3.699 servidores públicos, o que representa 2,5 servidores para cada 100 habitantes. Entre 2004 e 2014 houve um crescimento de 34% no número de servidores públicos.

Na região o município melhor colocado no ranking é Itapira, que alcançou o 471º lugar, com a nota de 0,540, considerado um município “Eficiente”. Mogi Mirim ficou na posição 2.366º, com a nota de 0,463, sendo uma cidade com “Alguma Eficiência”.

Análise

Só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. Pesquisa nacional do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras.

No topo do ranking está Cachoeira da Prata (MG), com 3.727 habitantes e heranças deixadas pelo passado industrial forte. Na rabeira estão cidades do Norte, Centro-Oeste e o Rio Grande do Sul. No estado de São Paulo o município melhor avaliado é Águas de São Pedro, que alcançou o 4º lugar no ranking nacional com a nota de 0,633.

O levantamento revela que nos 5% menos eficientes, com índice de até 0,30, o funcionalismo cresceu 67% entre 2004 e 2014, em média. A população aumentou 12% no período.

Raio-x de Mogi Guaçu

População (2015): 146.114

Área: 812,75 km²

IDHM (2010): 0,774

PIB (2013): R$ 4.658.690.235

Educação (2010)

Crianças de 0 a 3 anos na escola: 28%

Crianças de 4 e 5 anos na escola: 91%

Saúde

Cobertura por equipes de atenção básica (2013): 57%

Médicos por 1.000 habitantes (2014): 0,3

Saneamento (2010)

Atendimento de água: 96%

Coleta de lixo domiciliar: 99%

Cobertura de esgoto: 95%

Finanças (2013)

Receita total per capita: R$ 2.701

  

Comentários