Mogi Guaçu atinge meta, mas vacinação continua até o dia 15

A campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo, que deveria se encerrar no dia 31, sexta-feira, foi prorrogada até o dia 15 de setembro porque a cobertura vacinal em muitos locais não atingiu a meta de 95% estipulada pelo Ministério da Saúde.

A decisão foi comunicada à Vigilância Epidemiológica de Mogi Guaçu pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica XXVI, da DRS (Diretoria Regional de Saúde) de São João da Boa Vista, nesta segunda-feira, dia 3.

Em Mogi Guaçu, no entanto, a cobertura vacinal atingiu a meta no último dia do cronograma original, sem necessidade de ou “Dia D”, que seria no sábado, dia 1º. A campanha começou no dia 6 de agosto e em Mogi Guaçu só teve “Dia D”, no dia 18.

O público-alvo da campanha são as crianças de 1 ano a 5 anos incompletos, tanto para vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) como contra o sarampo, num total de 6.888 crianças.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, 6.694 crianças receberam a vacina contra pólio e 6.666 foram imunizadas contra o sarampo. Em Mogi Guaçu, as duas vacinas continuam disponível até o dia 15 para crianças que não receberam as doses de campanha.

A cobertura vacinal das faixas etárias de 2, 3 e 4 anos, 11 meses e 29 dias superou em mais de 100% o número estimado de crianças no início da campanha deste ano. Apenas a faixa etária de 1 ano ficou abaixo da meta de 95%.

Contra a pólio, foram vacinadas 1.565 de 1.909 crianças de 1 ano (81.98%), 1.666 de 1.663 de 2 anos, portanto três a mais que o previsto (100,18%); 1.693 de 1.650 de 3 anos, 43 a mais (102,61%), e 1.770 de 1.666 de 4 anos, 104 a mais (106,24%).

Contra o sarampo foram imunizadas 1.549 crianças de 1 ano (81.14%), 1.664 de 2 anos, um a mais que o previsto (100,06%); 1.690 de 3 anos, 40 a mais (102,42%), e 1.763 de 4 anos, 97 a mais (106,24%).

  

Comentários