Mogi Guaçu permanece na fase amarela do Plano São Paulo

O Centro de Contingência do Coronavírus do Governo do Estado reclassificou Mogi Guaçu na fase amarela, etapa 3 do Plano São Paulo, nesta sexta-feira, 4. No dia 21 de agosto, o governo estadual tinha feito o Município, pertencente à DRS (Diretoria Regional de Saúde) 14 de São João da Boa Vista, regredir de fase.

A classificação leva em consideração diversos pontos técnicos, como levantamento de óbitos e de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis na rede pública.

Mesmo com a reclassificação, o prefeito Walter Caveanha, seguindo o parecer do COE (Comitê de Operações Emergenciais), formado em sua maioria por profissionais da saúde, manteve Mogi Guaçu na fase amarela – etapa 3 do Plano São Paulo.

“Foi uma decisão consciente e segura, levando-se em conta todos os números e análises feitas pelo comitê que analisa a situação do coronavírus em Mogi Guaçu. Vejo que foi uma decisão acertada por toda a nossa equipe, dada as condições que oferecemos no atendimento de pacientes do coronavírus”, explicou o prefeito.

A decisão tomada pelo prefeito garantiu a manutenção do funcionamento, com atendimento ao público, de diversos setores do comércio e de serviço da cidade. Na avaliação da Prefeitura, havia condições de garantir a permanência de Mogi Guaçu na fase amarela em virtude da baixa ocupação de leitos de UTI, que é um dos critérios analisados para a classificação de fase.

  

Comentários