Município participa de capacitação do Programa Criança Feliz

A Secretaria de Promoção Social está participando da capacitação de supervisores municipais do Programa Criança Feliz promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, que coordena o programa do Governo Federal por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento Social, com o apoio da Coordenadoria de Ação Social e da Escola de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (Edesp).

O treinamento acontece entre os dias 7 e 11 das 8h30 às 17h30 na Etec Martin Luther King, no Tatuapé, e envolve 122 profissionais de 57 municípios. Itapira é representada pela Diretora de Promoção Social, Sílvia da Rocha Carvalho, e pela coordenadora municipal do Programa Criança Feliz, a assistente social Aline Ferreira Bueno. A abertura, no dia 7, contou com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro.

Ao todo serão capacitados 47 coordenadores, 62 supervisores e 13 técnicos das Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads) de Alta Paulista, Alta Sorocabana, Araraquara, Baixada Santista, Bauru, Campinas, Grande SP ABC, Grande SP Leste, Grande SP Norte, Grande SP Oeste, Itapeva, Mogiana, Piracicaba, São José do Rio Preto, Sorocaba, Vale do Paraíba e Vale do Ribeira.

O Programa Criança Feliz prevê visitas periódicas às casas das famílias para apoiar os pais no estímulo ao desenvolvimento infantil. Os beneficiários do Bolsa Família serão atendidos desde a gestação até os 3 anos. Para as crianças que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o atendimento será até os 6 anos. É coordenado pelo Ministério de Desenvolvimento Social, e articula ações das políticas de Assistência Social, Saúde, Educação, Cultura, Direitos Humanos e Direitos das Crianças e dos Adolescentes, dentre outras, baseado no Marco Legal da Primeira Infância.

Conforme destaca o secretário de Promoção Social, Tiago Fontolan, essa capacitação é um passo importante para o desenvolvimento do trabalho no município. “O Programa Criança Feliz é bem complexo e por envolver outros setores demanda um conhecimento mais direcionado e específico. Na próxima fase, a nossa diretora e a coordenadora do programa irão fazer a capacitação dos entrevistadores que atuarão diretamente com a população”, complementou.

Matéria: ASCOM/Fotos: Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo

 

  

Comentários