O amarelo de setembro

Setembro de 2021 está em seu final, para alguns é um “já”, para outras um “ainda”. Mais um mês finalizado em meio a uma pandemia mundial, o décimo oitavo para nós brasileiros. Dezoito meses convivendo diariamente com a iminência da doença, com as cautelas do cuidado, com registro de mortos e curados, meses buscando prevenção em relação ao pior.  Lá se vai/foi setembro. Porém, setembro carregou consigo a ideia de uma outra prevenção, um tabu, muito difícil de ser compreendido, aceito ou dito. A prevenção ao suicídio. De maneira categórica, carregou setembro o amarelo como cor a esse assunto. Amarelo esse que nem eu que escrevo esse texto e nem você que o lê pôde escolher como melhor cor para o mês mas aprendemos a conviver com isso. 

Falar, pensar sobre suicídio dói, incomoda mas é preciso. E foi preciso. Talvez, você tenha ouvido, lido ou até dito: que todos os meses deveriam ser amarelos, e isso é muito real. Pessoas sentem-se mal durante todo o ano, sem dúvidas disso. Importante lembrar que o suicida não é nem corajoso demais a ponto de fazer algo que ninguém tem coragem, assim como, nem covarde demais a ponto de não conseguir lidar com problemas do dia a dia. O suicida é alguém, que precisa ser visto, ouvido e assistido. Dos dados alarmantes sobre suicídio, como o número de mortes em mais de 10 mil casos por ano no Brasil, mais de 700 mil no mundo, um dado vale muito a pena ser entendido: 90% dos casos de suicídio poderiam ser evitados, ou seja, nove a cada dez pessoas que pensam em suicídio podem ser ajudadas!! 

Amarelo é a segunda cor do sinal de trânsito (sinal, sinaleira, semáforo, farol), qualquer criança é capaz de responder sobre as cores verdes e vermelhas. Faça a experiência e pergunte a uma criança sobre as cores do trânsito. Verde dirá ela que representa o seguir em frente, vermelho por sua vez é sinal de parar. Agora pergunte a ela para que serve o AMARELO. Talvez ela dirá, é para acelerar mais porque o sinal vai fechar. Talvez ela diga, para diminuir a velocidade porque justamente o sinal está fechando. Mas é sempre uma surpresa quando a resposta infantil diz: Amarelo significa, ATENÇÃO! 

O amarelo de setembro, surgiu como ideia de acelerar o processo de quem já sofreu muito com culpado, perda, abandono e sentimentos negativos, em buscar ajuda, encontrar um profissional que o ajude com suas questões e promova mudanças positivas e significativas em conjunto com quem sofre. O amarelo de setembro também veio para fazer pensar em diminuir nosso ritmo, rever prioridades, restabelecer vínculos, conectarmos com maior tranquilidade. Mas sem dúvidas, o amarelo de setembro precisa representar a atenção, atenção ao nosso eu, nossas intenções, nossas dores, angustias e sofrer. E não somente a nós, mas a quem está perto de nós, atenção ao que sofre em silêncio, que precisa de um sorriso, um abraço, uma mão estendida. Enquanto houver a psicologia, garanto que ninguém está sozinho. Que todos os meses sejam amarelos, mas também que venham os outubros rosas, novembros azuis… e anos coloridos!

Por Gabriel Montenegro

Psicólogo e professor.

CRP 06/141793

  

Comentários