Operação de Inverno termina com 245 abordagens a pessoas em situação de rua em cinco dias

Terminou neste domingo, dia 1º de agosto, a força-tarefa realizada pelo Centro de Operação de Inverno (COI) para o atendimento das pessoas em situação de rua. Balanço da Secretaria Municipal de Assistência Social mostra que 245 abordagens foram feitas desde o início dos trabalhos, na última quarta-feira, 28 de julho.

Desse total, 55 pessoas aceitaram ajuda e foram acolhidos, sendo 37 no Albergue Noturno Nair Simone Panciera e outros 18 no Centro Esportivo Juscelino Kubitschek de Oliveira, o CERESC, na Vila São Carlos. 190 homens e mulheres em situação de rua recusaram o acolhimento.

Além dos assistidos, duas pessoas foram levadas para atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Santa Marta – e dois animais foram recolhidos para o Centro de Controle Zoonoses.

A força-tarefa foi realizada por conta do frio intenso dos últimos dias. O objetivo da ação, de caráter multidisciplinar e com envolvimento de diversos setores da administração pública, era prestar auxílio e tentar tirar os indivíduos das ruas, oferecendo alimentação, acesso a condições de higiene, cobertores e agasalhos e local adequado para estadia.

A secretária de Assistência Social, Leila Maria Ramos, comentou que o trabalho de abordagem foi feito num momento difícil, com temperaturas muito baixas. Porém, muitos ainda insistiram em permanecer onde estavam. A abordagem de cada pessoa leva, em média, 40 minutos. “Esse é um trabalho extremamente meticuloso e cuidadoso e requer um cuidado na abordagem. Estamos preservando vidas”, disse.

Participaram da ação as equipes das Secretarias Municipais de Assistência Social, Saúde, Segurança, Esporte e Lazer, Serviços Municipais, além do Fundo Social de Solidariedade, Defesa Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e integrantes do Programa Segurança, Cidadania e Acolhimento.

Novas ações poderão ser realizadas pelo Centro de Operação de Inverno caso se confirmem novas previsões de frentes frias intensas nesse mês.

 

  

Comentários