Para conter disseminação da Covid-19, a fiscalização é intensificada em Mogi Mirim

Dentre as mais diversas ações efetuadas pela Prefeitura no combate à Covid-19, uma das linhas de atuação tem sido o reforço da fiscalização.

Na noite de sábado (19), a equipe de fiscalização realizou a interdição de um estabelecimento devido ao descumprimento do lockdown noturno, entre às 19h e 5h da manhã. A medida tem o objetivo de evitar a disseminação do vírus.

As vistorias foram realizadas em todas as regiões do município pelas equipes compostas por integrantes da Guarda Civil Municipal (GCM), funcionários da Vigilância Sanitária, da Central da Fiscalização e do Conselho Tutelar.

Durante as incursões, sete estabelecimentos foram multados por cometerem irregularidades quanto às ações preventivas da pandemia.

Outras 11 pessoas também foram autuadas por falta de uso de máscaras, uma das medidas do protocolo sanitário. Em quatro abordagens, o Conselho Tutelar teve de intervir devido à presença de pessoas menores de 18 anos.

Apesar da fiscalização mais intensa, a Prefeitura se preocupa e entende a importância da continuidade do funcionamento de estabelecimentos comerciais que trabalham no período noturno. Para não inviabilizar o trabalho e a renda desta categoria, o serviço de delivery está liberado, uma vez que o único objetivo é não permitir aglomerações e aumento de transmissão do vírus.

DENÚNCIAS

Para denúncias referentes ao funcionamento irregular de estabelecimentos e de aglomerações, é possível ligar na GCM pelos telefones 153, 3805-3686 e 3806-3193 e na Central de Fiscalização através do telefone 3814-1050

 

 

 

  

Comentários