Parlamento da RMC discute ações de proteção à mulher

A primeira reunião do Parlamento da Região Metropolitana de Campinas em 2018, realizada na sexta-feira, 2 de fevereiro, na Câmara Municipal de Indaiatuba, teve como tema central ações de proteção à mulher. Dois programas já utilizados em alguns municípios do estado foram apresentados: a Patrulha Maria da Penha e a Procuradoria Especial da Mulher. A presidente da Câmara de Holambra, Naiara Hendrikx, acompanhou o encontro em companhia de vereadores de 19 municípios da região.

O secretário de segurança de Monte Mor, Adelício Paranhos da Silva, falou sobre a Patrulha Maria da Penha, criada no município em 2017 e em implantação em outras sete cidades da RMC. A principal ação do programa consiste em visitas domiciliares realizadas periodicamente pela Guarda Municipal às residências das vítimas, acompanhando o cumprimento das medidas protetivas aplicadas pelo Poder Judiciário. Além disso, há uma análise da condição de vulnerabilidade social da família, com o envolvimento de outras secretarias municipais (promoção social, saúde, educação, etc), além de um trabalho voltado ao agressor, visando evitar reincidência.

Já a deputada estadual Clélia Gomes apresentou a Procuradoria Especial da Mulher. O objetivo é que os parlamentos municipais assumam um papel ativo no combate à violência contra a mulher, cooperando com organizações de proteção, acompanhando denúncias e fiscalizando programas de governo sobre o tema. A deputada destacou ainda a necessidade de uma maior participação feminina na política.

O Parlamento Metropolitano reúne vereadores de 20 municípios da RMC visando discutir soluções conjuntas para problemas comuns. A próxima reunião acontecerá em abril.

Matéria: ASCOM

  

Comentários