fbpx

Parlamento da RMC discute pautas importantes para população

Os vereadores Naiara Hendrikx e Cido Urso estiveram na última sexta-feira, dia 2 de junho, na Câmara Municipal de Vinhedo onde participaram da 3ª sessão do Parlamento Metropolitano da RMC.  Os principais temas abordados foram a substituição de medicamento contra leucemia promovida pelo Ministério da Saúde e segurança no trânsito.

A Dra. Sílvia Brandalise, oncologista e presidente do Centro Infantil Boldrini, referência no combate ao câncer, reforçou um alerta preocupante: a decisão do Ministério da Saúde de substituir a Asparaginase, medicamento confiável contra a leucemia produzido por laboratórios certificados da Alemanha e Japão, pelo medicamento Leuginase, de fabricação chinesa.

Segundo a Dra. Sílvia, o medicamento chinês não chegou a ser testado em seres humanos, não possui registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e em sua embalagem não consta sequer o nome do farmacêutico responsável. Pesquisas realizadas em laboratórios no Brasil e nos Estados Unidos apontam que 40% do remédio está contaminado por proteínas, o que não garante a eficiência do produto.

A médica informou que o Boldrini conseguiu na justiça a importação da Asparaginase e a suspensão do uso do medicamento chinês, mas lamentou o fato de que crianças que lutam contra o câncer em hospitais de todo o Brasil estão sendo tratadas com o produto de qualidade duvidosa.

O Parlamento da RMC está elaborando moção de apelo ao Ministério Público solicitando a retomada da importação da Asparaginase.

Segurança no trânsito

Em seguida o diretor do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho, falou sobre o custo dos acidentes no país. De acordo com Ramalho, a cada 12 minutos uma pessoa perde a vida no trânsito brasileiro e para cada morte 12 pessoas têm sequelas permanentes. Além disso, os acidentes demandam recursos na ordem de R$ 56 bilhões, que deixam de ser investidos em ações e benefícios sociais para a população.

O Observatório Nacional de Segurança Viária Observatório é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público(OSCIP) que  atua nas áreas de educação, levantamento de dados e informações, pesquisa e geração de materiais que possam influenciar políticas públicas para um trânsito mais seguro.  Ao final do encontro, o Observatório firmou acordo de cooperação técnica com o Parlamento, passando a disponibilizar suporte e consultoria a temas relacionados ao trânsito.

A próxima reunião do Parlamento da RMC está marcada para o dia 7 de julho e acontecerá em Santa Bárbara d’Oeste.

Matéria: Jorge Lander

  

Comentários