Pedreira alcança índice de “Excelência em Gestão” da FIRJAN

Pedreira está muito acima da média do Brasil e um pouco mais do Estado que foram definidas em 0,5456 e 0,8206, respectivamente

Imagem divulgação

Pedreira alcançou o nível de “Excelência em Gestão” de acordo com o Índice Firjan de Gestão Fiscal 2021, tendo como ano base os dados de 2020. A nota geral de 0,8480 (o estudo classifica os Municípios com notas de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1, melhor a gestão). Com essa boa média, o Município ocupa a 366ª posição no País e a 42ª no Estado integrando o seleto grupo das Cidades que têm a maior classificação do Índice, em que apenas 11% das administrações brasileiras se encaixam. Além disso, Pedreira está muito acima da média do Brasil e um pouco mais do Estado que foram definidas em 0,5456 e 0,8206, respectivamente.

O aguardado estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) avaliou 5.239 localidades e é um dos principais índices na classificação das gestões municipais. Quatro indicadores compõem o IGF: Autonomia (verifica se as receitas suprem os custos da estrutura administrativa), Gasto com Pessoal (representa quanto os municípios gastam com pagamento de pessoal em relação ao total da Receita Corrente Líquida), Liquidez (confirma se as Prefeituras estão postergando pagamentos de despesas para o exercício seguinte sem a devida cobertura de caixa) e Investimentos (mede a parcela da receita total dos municípios destinada aos investimentos).

Em todos os patamares pesquisados Pedreira obteve excelência (em dois segmentos, sendo um com a nota máxima) e boa gestão (em dois outros) nos índices. Em Autonomia, a Cidade alcançou a nota máxima (1.0). Em Gastos com Pessoal, a classificação foi de 0.9820. Os Investimentos alcançaram 0,7685. Em Liquidez, o Município recebeu nota 0,6416. Com esses magníficos números a Cidade ocupa a 42ª colocação do Estado.

As avaliações demonstram que as contas de Pedreira apresentam excelentes níveis de controle. E que mesmo durante a maior crise sanitária da história, a Flor da Porcelana não desistiu do investimento. Por isso a economia institucional manteve-se equilibrada.

Certamente é gratificante para a Administração Municipal estar no nível de excelência em gestão, através deste conceituado Índice FIRJAN. Pelas agruras de 2020, não deixa de ser um resultado altamente histórico, mostrando que o trabalho foi bem feito, pois há muita seriedade na avaliação deste Órgão.

A qualidade da gestão pública de Pedreira no Índice Firjan de Gestão Fiscal – IFGF 2021 (O,8480), destacou-se também na Região: É o segundo Município do Circuito das Águas, pois Holambra lidera com 0,8661 ou seja, 0,0181 pontos a mais. Já na RMC, a Cidade, que se consagra atualmente como o “Paraíso das Compras”, fica na terceira posição, tendo Holambra (0,8661) na liderança e Indaiatuba (0,8594) na segunda colocação. Uma diferença de 0,0114 pontos em relação ao ocupante do segundo lugar. Os dados foram divulgados dias antes do Município fundado pelo Cel João Pedro de Godoy Moreira comemorar 125 anos de existência. Pode-se classificar como um grande presente para a Cidade, que mesmo diante da maior crise sanitária de todos os tempos, soube bem gerir e bem utilizar o dinheiro público resultando em melhorias efetivas para todos.

Os resultados revelam o intenso trabalho da gestão, que estava no último ano de um mandato difícil que exigiu medidas enérgicas para a recuperação da credibilidade da Prefeitura, desde o ano de 2017 e agora vê as marcas de excelência, com a recuperação da capacidade financeira e centenas de serviços e obras entregues, os quais mudaram para melhor a vida dos moradores da Cidade. Foi realmente uma enorme transformação.

 

RANKING CIRCUITO DAS ÁGUAS 

MUNICÍPIO INDICE BRASIL ESTADO
1)- HOLAMBRA 0,8661 273 31
2)- PEDREIRA 0,8480 366 42
3)- LINDÓIA 0,8432 387 47
4)- SOCORRO 0,7918 671 85
5)- ÁGUAS DE LINDÓIA 0,7337 1.118 166
6)- AMPARO 0,7048 1.338 213
7)- JAGUARIÚNA 0,7005 1.378 220
8)- SERRA NEGRA 0,6210 2.026 343
9)-M.A.SUL 0,3659 4.102 580
    RANKING RMC  
MUNICÍPIO INDICE BRASIL ESTADO
1)- HOLAMBRA 0,8661 273 31
2)- INDAIATUBA 0,8594 306 39
3)-PEDREIRA 0,8480 366 42
4)-MONTE MOR 0,8121 539 70
5)-VALINHOS 0,7661 846 111
6)-VINHEDO 0,7168 1.253 194
7)-AMERICANA 0,7125 1.285 199
8)-CAMPINAS 0,7032 1.352 214
9)-JAGUARIÚNA 0,7005 1.378 220
10)-HORTOLÂNDIA 0,6867 1.487 246
11)- S.A. POSSE 0,6769 1.576 261
12)- ENGº COELHO 0,6642 1.663 275
13)-MORUNGABA 0,6596 1.700 281
14)-NOVA ODESSA 0,6379 1.887 313
15)-ITATIBA 0,6111 2.114 360
16)-SUMARÉ 0,6051 2.168 370
17)-PAULINIA 0,5693 2.495 411
18)-ARTUR NOGUEIRA 0,5298 2.836 457
19) SANTA BÁRBARA D’ESTE 0,5207 2.920 470
20)- COSMÓPOLIS 0,4955 3.135 490
  

Comentários