Pedreira reduz intervalo da dose de reforço contra COVID-19

O tempo entre as doses será de 4 meses

Pedreira reduz intervalo da dose de reforço contra COVID-19 de 5 para 4 meses

Imagem divulgação

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 2 de dezembro, a redução de 5 para 4 meses o intervalo para aplicação da Dose Adicional da vacina contra a COVID-19. A decisão ocorre em meio às primeiras confirmações de casos da variante Ômicron no Brasil.

Segundo informou a secretária municipal de Saúde, Ana Lúcia Nieri Goulart, em Pedreira a medida passou a valer imediatamente e beneficia quem tomou duas doses dos imunizantes da CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer, nos meses de julho e agosto. “Solicitamos às pessoas que procurem os nossos Postos de Saúde de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, ou os postos de saúde da Vila Canesso, Águas de Março, Central Municipal de Saúde, sempre das 16h às 18h. Aos sábados a vacinação acontece no Drive Thru e na Central de Saúde, ambos localizados na Rua Miguel Sarkis, Parque Industrial”, ressaltou Ana Lúcia.

Para os que tomaram o imunizante de dose única da Janssen, poderá receber a dose adicional do mesmo imunizante com intervalo a partir de 2 meses. No entanto, na ausência da vacina da Janssen, que é o que acontece com Estado de São Paulo já que o Ministério não disponibilizou doses adicionais deste imunizante, é possível ser administrada uma dose adicional da Pfizer.

  

Comentários