Piloto de Campinas mantém rotina intensa de treinos durante a quarentena

No último fim de semana, João Pedro Maia utilizou duas modalidades diferentes para manter-se física e mentalmente ativo no automobilismo

O piloto campineiro João Pedro Maia, 15 anos, que aguarda o início da disputa da temporada 2020 da Fórmula 4 FIA Argentina, vem mantendo uma forte rotina de treinos físicos e técnicos durante a quarentena e vive a expectativa de voltar às competições já no próximo mês. No último fim de semana, Maia treinou de kart no Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia, na sexta-feira (26 de junho), e com um carro da Fórmula Vee em pista molhada no Autódromo Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, em Piracicaba, no sábado (27).

O jovem piloto, que vive com a família no distrito de Barão Geraldo, aguarda a confirmação de uma prova da Fórmula 1600 em Cascavel (PR) para o mês de julho, quando fará sua estreia nesta temporada. Quanto à F4 FIA, na Argentina, a abertura do campeonato poderá ocorrer no mês de agosto.

“Estou muito ansioso para o início da temporada de Fórmula 4, com uma expectativa alta, já que fui bem rápido nos treinos que participei. Minha rotina de treinos e de preparação física são muito importantes, pois me ajudam a manter a forma e constância na pista. Quando começar a temporada desse ano, já estarei preparado”, explica João Pedro Maia.

No kartismo, entre 2012 e 2018, Maia construiu uma sólida trajetória, acumulando vitórias e títulos, com destaque para o Sul-Americano de Kart, em 2018, na categoria Codasur Júnior.

Já na Fórmula Vee foi campeão paulista com 10 vitórias consecutivas, em 2019, e campeão da Fórmula Vee Júnior (para pilotos de até 19 anos), no mesmo ano. O piloto ainda fechou a vitoriosa temporada de 2019 conquistando o troféu Capacete de Ouro, maior premiação de automobilismo nacional para atletas em formação.

A Fórmula 4 FIA, na Argentina, vale pontos para obter a superlicença na Fórmula 1. É considerada como a maior “categoria-escola” do mundo, presente em mais de 15 países. O piloto campineiro realizou testes na modalidade em dezembro de 2019 e janeiro deste ano.

  

Comentários