fbpx

Plano Diretor segue para aprovação

O prefeito conchalense Valdeci Lourenço recebeu, na terça-feira (12), às 10h, das mãos do engenheiro Benedito Aparecido Bordini, diretor do departamento de planejamento da Prefeitura, todas as peças do Plano Diretor Estratégico do município, para validação. O prefeito vai encaminhar o Plano à Câmara Municipal para aprovação, ocasião que poderá sofrer modificações.

O prefeito vai encaminhar o Plano à Câmara Municipal para aprovação

O prefeito vai encaminhar o Plano à Câmara Municipal para aprovação

A proposta final do Plano Diretor foi apresentada à população no dia 17/12, no Centro Cultural. O Plano levou 8 meses para ser concebido. Foram 19 eventos entre abertura, palestras técnicas, oficinas e audiências públicas.

O Plano Diretor foi entregue ao Prefeito em um HD, contendo arquivos eletrônicos cronológicos, vídeos e fotos, num total de 30.5 Gigas. À parte, Bordini entregou também à sua equipe um CD contendo somente a cronologia do Plano.

Ao abrir o evento, Bordini disse que “no ano passado nós já imaginávamos o dia de hoje: a entrega do Plano Diretor Estratégico ao prefeito Valdeci”. Ele agradeceu, “primeiramente a Deus, ao Prefeito por ter confiado esse trabalho a nós, que demos toda a liberdade de participação à população e também à nossa equipe”. Bordini se colocou à disposição da Câmara, “sem tirar a sua autonomia” para acompanhar o processo de discussão e aprovação do Plano.

Valdeci agradeceu o engenheiro Bordini e a todos profissionais que trabalharam no Plano. “Tem Prefeitura que gastou uma fortuna para elaborar o seu Plano Diretor, e nós o fizemos com os nossos próprios profissionais”, ressaltou ele. “infelizmente”, continuou, “tem pessoas que se utilizam das redes sociais para criticar, mas não comparecem nas audiências públicas para participar e dar as suas sugestões”. “É lamentável!”, concluiu.

Este Plano Diretor Estratégico, depois de aprovado pela Câmara, vai vigorar pelos próximos 10 anos. Segundo o engenheiro Bordini, “ao longo desse período, se for necessário, poderá sofrer alguns ajustes”. “O importante”, disse Valdeci, “é deixarmos um bom legado às futuras gerações”.

  

Comentários