Polícia detém homem acusado de importunação sexual contra grávida

O acusado teria mostrado órgão genital à mulher

A Polícia Militar de Artur Nogueira deteve um homem acusado de importunação sexual contra uma mulher grávida. O homem teria mostrado o órgão genital para a mulher em uma rua do bairro Parque das Flores. Ele foi detido e responderá pelo crime.

De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência chegou até os agentes como atitude suspeita de um homem frente a uma residência na rua Alberto Caetano, no Parque das Flores. Ao chegarem no local, os policiais militares conversaram com a mulher, que está grávida de 5 meses, e ela informou que passeava com seu cão pela rua quando percebeu que estava sendo seguida por um homem.

Em dado momento, ela percebeu que o homem além de estar lhe seguindo estava lhe observando. Após, ainda caminhando em sua direção com medo da atitude do suspeito, a mulher passou próximo à uma área de mata onde o homem estaria parado embaixo de uma árvore e com as mãos próximas ao órgão genital, ainda sob a calça, ele fez gestos obscenos.

Assustada, a vítima começou a caminhar mais rapidamente sentido sua residência, ela teve que passar próximo ao homem que estava posicionado e lhe cumprimentou com um ‘bom dia’. Quando ela foi retribuir o cumprimento, o homem estaria com o pênis para fora da roupa e realizando gestos obscenos.

Ainda muito assustada, ela caminhou em direção a sua residência, onde se trancou. Em seguida ela ligou para a Polícia relatando o acontecido. Os policiais que atenderam a ocorrência foram informados pela mulher as características físicas e de vestimenta do acusado.

Os PM´s começaram a patrulhar pelas imediações e conseguiram localizar o suspeito com as mesmas características passadas pela vítima, com uma camiseta verde do time do Palmeiras, na Rua Henrique Petsch, em um terreno.
Abordado, nada de ilícito foi encontrado, porém, com uma fotografia feita pelo policial, a mulher disse reconhecer o homem.

Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Artur Nogueira (SP) e foi submetido à oitiva com o delegado. Logo após, ele foi reconhecido novamente em um procedimento policial e foi preso por importunação sexual.

Ainda de acordo com o documento policial, quando menor, o homem teria tido várias passagens pela polícia por diversos crimes e ficou preso à disposição da Justiça. A mulher não sofreu nenhum ferimento, estando nervosa com o que ocorreu.

  

Comentários