PREFEITURA DE JAGUARIÚNA FARÁ INQUÉRITO SOROLÓGICO PARA A COVID-19 DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar o Inquérito Sorológico Covid-19 dos Profissionais da Educação, com o objetivo de medir a evolução da epidemia de coronavírus entre esses trabalhadores das redes pública e privada de ensino. Para isso, os profissionais das unidades municipais passarão por testagem de Covid no próximo sábado, dia 3 de julho, das 8h às 14h, na Escola Municipal Professor Irineu Espedito Ferrari, no bairro XII de Setembro.

Para os trabalhadores das unidades particulares, será divulgada uma nova data para a realização dos testes. O estudo será realizado com todos os profissionais de educação da cidade, envolvendo professores, assistentes administrativos, cozinheiros, serventes e profissionais do transporte escolar, entre outros.

De acordo com a Secretaria de Saúde, os objetivos são: estimar o percentual de pessoas infectadas pelo coronavírus assintomáticas, fazer a contenção da transmissão viral com o isolamento de casos positivos assintomáticos e estimar o percentual de pessoas infectadas previamente.

Segundo a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, com a volta gradual às aulas presenciais, além do inquérito sorológico, a pasta também realizará outras ações de enfrentamento à Covid-19 dentro das escolas e creches municipais. “Elaboramos um manual para o manejo da Covid em ambientes escolares, com orientações a todos os responsáveis das escolas e creches municipais”, explica Maria do Carmo.

Para o inquérito sorológico, os profissionais da educação de Jaguariúna deverão preencher um questionário prévio e farão testes rápidos para detecção de anticorpos (IgG/IgM). Os casos positivos para Covid-19 serão encaminhados para a Unidade de Campanha, para início dos procedimentos de tratamento e isolamento social.

“É importante ressaltar que os testes não excluem a necessidade das demais medidas de prevenção da transmissão da Covid-19, como uso de máscara, manutenção do distanciamento social, utilização de álcool 70% e lavagem frequente das mãos com água e sabão”, ressalta a secretária de Saúde.

  

Comentários