Prefeitura de Jaguariúna reestrutura Hospital Municipal e amplia em 30% número de leitos

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está ampliando a capacidade de atendimento e de leitos do Hospital Municipal Walter Ferrari, que é 100% SUS. O plano prevê a reestruturação da unidade, com a criação de 22 novos leitos clínicos, além de aquisição de novos equipamentos, contratação de profissionais da saúde e reformas estruturais, melhorando a capacidade instalada e possibilitando a implantação de novos serviços.

O projeto irá ampliar em quase 30% a capacidade de leitos do hospital – que hoje é de 78, no total, passando a 100 leitos. A obra deverá ficar pronta neste mês de setembro.

A reestruturação no hospital foi possível graças à transferência do Centro de Especialidades Médicas e da sede administrativa da ASAMAS (organização social que administra o hospital) para outros prédios. Os novos leitos darão mais segurança na separação física dos pacientes diagnosticados ou suspeitos de Covid-19 dos demais pacientes com outras necessidades clínicas. Atualmente, segundo a Secretaria de Saúde, esses pacientes ficam isolados, porém na mesma ala.

“Após a entrega desses leitos, entre outras ações, será possível a retomada das cirurgias eletivas de acordo com o preconizado no Plano Municipal de Retomada dos Atendimentos, pois ofertaremos leitos cirúrgicos, clínicos e para pacientes críticos, sendo um deles de isolamento. O local também será preparado para a realização de hemodiálise de casos agudos”, explicou a secretária municipal de Saúde, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

A secretária também destaca que, mesmo sendo uma das medidas de enfrentamento da Covid-19 no município, o nova estrutura do Hospital Municipal permanecerá como legado para a população, pois não será desativada após a pandemia.

  

Comentários