fbpx

Projeto Beija Flor comemora dois anos com 744 encaminhamentos

Ocorreu na manhã da última terça-feira, dia 23 de agosto, a comemoração de dois anos do Projeto Beija Flor, custeado pelo CMDCA (Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente) através da verba do 1% do Imposto de Renda. O trabalho é promovido pelo Educandário Nossa Senhora Aparecida e atende todo o município com oferta de atendimento ambulatorial de psicologia para crianças de cinco a dezessete anos e onze meses que estão em situação de vulnerabilidade social, vítimas de abusos ou dependentes químicos.

Durante o período, foram registrados 744 encaminhamentos, dos quais 700 compareceram. Destes, 394 fizeram o atendimento.. “Esse ainda é nosso calcanhar de Aquiles: conscientizar os pais e responsáveis para que eles compareçam ao menos no primeiro encontro com a Assistente Social para entender como funciona o projeto”, afirmou Ana Maria Nascimento Brunialti, presidente do CMDCA.

O projeto começou a funcionar no dia 18 de agosto de 2014 e foi idealizado para atender até 100 crianças a um anual de R$180 mil. Atualmente, 110 crianças são atendidas individualmente e há oito grupos de atendimento coletivo e um de orientação para pais e responsáveis. Neste ano, o orçamento repassado pelo CMDCA foi de R$264 mil. “O Conselho pode financiar esse projeto por três anos. Depois, ele terá que contar com outros auxílios para prosseguir. O que existe hoje é uma parceria muito boa com as secretarias de Saúde, Promoção Social e Educação, além da Prefeitura, que já dá um suporte muito bom e depois precisará nos ajudar para que esse trabalho não morra por questões burocráticas”, comentou Ana Maria.

O prefeito José Natalino Paganini participou do evento e parabenizou toda a equipe pelos resultados. “Há dois anos, quando o projeto foi lançado, foi um momento de emoção. E essa emoção se repete hoje, que podemos constatar e comemorar os bons resultados, graças a essa grande equipe de profissionais. Nossas crianças estão sendo cuidadas com dignidade e sendo preparadas para o futuro. E faremos o possível para que esse trabalho continue a render bons frutos”, declarou.

As secretárias de Promoção Social – Eliana Assugeni Sobreiro Dias – e Educação – Flávia Rossi –, também elogiaram o projeto e deram destaque para a importância das parcerias. “Para o tamanho de Itapira isso é algo inédito: uma equipe tão grande de psicólogos capacitados para atender os mais necessitados. Fico com a sensação de dever cumprido neste sentido”, disse Eliana. “Hoje comemoramos dois anos de Projeto Beija Flor e três de parceria no atendimento de crianças de zero a três anos através Bolsa Creche, mostrando que essa soma de esforços vem rendendo ótimos resultados. Deixo aqui nosso muito obrigado pela soma, pelo trabalho desenvolvido e pela ótima parceria”, agradeceu Flávia.

Matéria: Prefeitura de Itapira

  

Comentários