SAAE FARÁ TROCA DO RESERVATÓRIO DO BAIRRO PARAÍSO DA CACHOEIRA | Mogi Mirim

Para melhorar as condições de abastecimento aos moradores do Paraíso da Cachoeira, o SAAE de Mogi Mirim irá trocar o reservatório de distribuição de água do bairro. O atual, com capacidade para armazenar 80 mil litros, dará lugar a um reservatório de 200 mil litros, que já faz parte do patrimônio da autarquia. O Paraíso da Cachoeira é abastecido por água de poço artesiano.

Para fazer a troca, será necessário construir uma base de concreto armado condizente com a estrutura que será instalada. Por isso, o SAAE abriu uma licitação, na modalidade Tomada de Preço, para contratar uma empresa especializada para execução de obras e serviços de engenharia na construção da fundação e base, bem como a instalação e pintura do reservatório, e fechamento da área.

A sessão de abertura dos envelopes das empresas interessadas em participar do certame está marcado para o dia 1º de outubro, a partir das 9h00. O vencedor terá um prazo de dois meses para executar o serviço. O valor orçado pelo SAAE para a licitação é de R$ 261.298,37 e será custeado com recursos próprios da autarquia.

A base do reservatório será dotada de um sistema de fundação composto por um bloco quadrado sobre estacas, totalmente constituído em concreto armado, instalado sobre superfície regularizada com lastro de cinco centímetros de concreto magro. O bloco terá 13 estacas raiz com diâmetros de 20 centímetros e profundidade de 8,50 metros. A estrutura final terá 5,60 metros de extensão nas laterais e 90 centímetros de altura, sendo 70 centímetros acima da superfície.

Depois de construir a base, a empresa vencedora da licitação deverá providenciar a instalação do reservatório, com a utilização de um guindaste realizando a verticalização e posicionamento da estrutura, garantindo que não ocorra quaisquer danos, inclusive, com o fornecimento de chumbadores. O reservatório ainda deverá ser pintado e ter a identificação do logo do SAAE.

Por fim, a área onde será instalado o reservatório deverá ser fechado com gradil, tendo concertinas de segurança. Em formato circular, o reservatório tem 13,60 metros de comprimento e 4,42 metros de diâmetro. Ele estava guardado na ETA (Estação de Tratamento de Água), mas teve que ser retirado e levado para o Paraíso da Cachoeira com antecedência.

É que um serviço de readequação da rede de energia elétrica da estação de tratamento de água incidirá sobre o local onde o reservatório estava. Por isso, houve a necessidade da retirada do reservatório. O transporte, partindo da ETA, no Residencial do Bosque, até o Paraíso da Cachoeira, aconteceu no dia 20 de agosto.

  

Comentários