Saean realiza rodízio de abastecimento de água devido à falta de chuvas

A crise no abastecimento de água tem preocupado os moradores de Artur Nogueira. A captação acontece na lagoa Cotrins, córrego Boa Vista (Poquinha) e Balneário Municipal. Destes pontos, a água é encaminhada às Estações de Tratamento 2 e 3. Por fim, segue para os bairros. Mas o período de estiagem deixou as fontes com volume de água reduzido, impossibilitando o abastecimento de forma regular. O problema de ordem natural foi experimentado pela população em 2014. Em 2020, a cidade contou com 80% menos chuva que o normal.

O Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira (SAEAN) por meio de nota, explicou como será feito o Plano de Rodízio de Água. Outras medidas adotadas para aliviar a crise são os caminhões pipas, que continuarão dando suporte aos reservatórios dos bairros, e a escavação de nove poços. Sendo que oito já estão operando.

O plano fará um revezamento no abastecimento dos bairros, alternando entre 24/24 horas, podendo ser aumentado para 48/48 horas. Os bairros serão divididos em dois grandes grupos. Qua’ndo o Grupo 1 de bairros estiver recebendo água, o Grupo 2 não receberá e assim sucessivamente. “Com a incerteza do período chuvoso, temos que tomar medidas para o abastecimento de forma regular para que tenhamos o abastecimento de forma mais homogênea possível. O Rodízio começa no sábado (31), com o abastecimento do grupo 1. O Saean informará diariamente quais grupos serão abastecidos enquanto durar o rodízio”, informou o órgão.

 

Grupo 1

Blumenau; Benvenuto; Centro; Centro Alto (Tiradentes, Fernando Arens, entornos.); Conquista 1 e 2; Jardim de Faveri; Jd Rezek; Jd. Amaro; Jd. Do Trevo; Jd. Paraiso; Jd. Wada; Laranjeiras; Nosso Recanto; Nova Artur; Orlando Corrêa Barbosa; Orquídeas; Ouro Branco; Parque das Flores; Planalto 01; Planalto 02; Planalto 03; Res. Jd. Leda; Resek; Ricardo Duzzi; Rota das Flores; Saciloto 01; Santa Rosa; São José; São Luiz; São Vicente; Vila Queiroz; Itamaraty; Martinelli; Jd. Do Lago; Jatobá.

 

Grupo 2

Coração Criança; Ipês; Palmeiras; Parque dos Trabalhadores; Sacilotto 2; Torres; Vista Alegre; Nogueira; Conservani; Egydio Tagliari; Josephin Tagliari; Decolores; Casinhas (Nosso Sonho) Bela Vista 2; Cidade Jardim; Arrivabene 4.

 

Importante

Bairros como Bom Jardim, Leonor, Manacás e San Marino, que tem seu abastecimento exclusivo por poço, poderão ter algumas paradas para os reservatórios terem nível o suficiente para o abastecimento das partes mais altas.

O abastecimento de usuários essenciais como hospitais, maternidades, postos de saúde, unidades de hemodiálise, creches, escolas e Corpo de Bombeiros, terão abastecimento priorizado por caminhão pipa.

Luís Gustavo, diretor do Saean, explica quais são os problemas encontrados pela administração. “Hoje temos 4 bombas na captação, as 4 estão em perfeito estado de funcionamento. Porém, como não temos água o suficiente para captar, não adianta as bombas estarem funcionando, é preciso nível de água. É por isso que em alguns momentos do dia a captação para até que o nível se reestabeleça”, ressalta.

O presidente do Saean, Rodrigo Garcia, reforça que é necessário a colaboração de todos nesse momento. “Estamos levando água para os bairros através de caminhão pipa, mas reforço que precisamos também do apoio da população, a situação não está fácil, essa é a pior estiagem dos últimos anos”, exclama.

  

Comentários