fbpx

Segundo Caged, 329 postos de trabalho foram extintos em setembro

Segundo o relatório do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), vinculado ao Ministério do Trabalho e Previdência Social divulgado esta semana, Mogi Guaçu perdeu 329 postos de emprego formal em setembro deste ano. Em comparação com o mês de agosto a redução na geração de emprego é de 658%, já que no mês anterior foram perdidas 50 vagas.

Em comparação com setembro de 2015 houve a admissão de 1.447 trabalhadores, ante a demissão de 1.740, extinguindo 293 postos com carteira assinada no mês. O desempenho no mês de setembro segundo o Caged é o quarto pior deste ano, o mês que teve o pior desempenho na geração de empregos este ano foi março, onde foram fechadas 879 vagas.

O setor que mais contribuiu para este desempenho ruim é o de Agropecuária, que fechou em setembro 181 postos, seguido do setor de serviços (-61 postos), Indústria (-43 postos) e Construção Civil (-28). Até o mês de setembro o saldo do ano de 2016 ainda continua no vermelho, com a admissão de 14.417 e a demissão de 14.924, gerando um saldo negativo de 507 postos de trabalho extintos.

Neste ano o mês que houve o melhor desempenho foi em maio, quando aconteceu a contratação de 3.093 trabalhadores, diante da demissão de 1.130, criando assim 1.963 novos postos. Em setembro os cargos que mais contrataram foram: motorista de caminhão (64), mecânico de manutenção de máquinas (58) e vendedor comércio varejista (55). Já os cargos que mais demitiram foram: trabalhador no cultivo de árvores frutíferas (-122), alimentador de linha de produção (-88) e mecânico de manutenção de máquinas (-86)

Cenário Nacional
Um total de 39.282 vagas formais foram fechadas no país em setembro, segundo o Caged. No entanto, o desemprego desacelerou ante setembro de 2015, quando foram fechados 95.602 postos formais. No acumulado do ano, o Caged contabiliza 683.597 vagas fechadas. Nos últimos 12 meses, já são 1,599 milhão de postos de trabalho suprimidos.

Os setores que tiveram as maiores perdas de vagas formais em setembro foram: construção civil (menos 27.591 postos), serviços (menos 15.141) e agricultura (menos 8.198).

caged-setembro

  

Comentários