Seminário Internacional da Água reunirá experiências de seis países em Piracicaba no mês de março de 2019

Evento, que acontecerá nos dias 14 e 15 de março de 2019, é uma realização da Prefeitura de Piracicaba e Semae, com organização do Instituto Movimento Cidades Inteligentes, e tem entre os parceiros a Agência das Bacias PCJ e os Comitês PCJ; além do Brasil, especialistas e autoridades de Israel, França, Chile, Austrália e México deverão marcar presença no seminário

Conscientizar a sociedade a respeito da importância da água e de sua conservação é um dos principais objetivos do Seminário Internacional da Água, que a Prefeitura de Piracicaba, em conjunto com o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), realizará no município nos dias 14 e 15 de março de 2019. A Agência das Bacias PCJ e os Comitês PCJ são alguns dos parceiros desse evento, anunciado oficialmente nesta terça-feira (11/12/2018), durante coletiva de imprensa no Gabinete do Prefeito, Barjas Negri. Especialistas e autoridades de pelo menos seis países, incluindo o Brasil, deverão marcar presença nas atividades.

O evento será realizado no Teatro Erotides de Campos e no Armazém 14 do Engenho Central, com palestras, debates e exposições onde serão debatidos a gestão dos recursos hídricos naturais. A proposta do seminário é propiciar um grande encontro, com convidados internacionais de renome mundial para discutir o tema da água, desde as suas formas de captação, tratamento, distribuição, perda e escassez. O evento está sendo organizado pelo Instituto Movimento Cidades Inteligentes. As inscrições para participar são obrigatórias e gratuitas e já podem ser feitas pelo site www.ci.eco.br/agua2019.

O diretor-executivo do Instituto, Gavroche Fukuma, ressaltou que a ideia é discutir o assunto ‘água’ em toda sua plenitude e com toda a sociedade. “A intenção é fazer com que todo mundo possa entender a real importância de um elemento que é escasso em nossa vida e pode acabar a qualquer momento. É importante que o mundo inteiro se volte para esse assunto”, argumentou. “Você não consegue passar o dia inteiro da sua vida sem ter água presente em algum momento. Se a gente não prestar atenção em como a água deve que ser tratada como bem escasso, que pode ser finito, corremos o sério risco de no futuro, daqui 10, 20 anos, não ter água para o nosso consumo”, alertou Fukuma.

Segundo ele, a escolha de Piracicaba para sediar o seminário não foi por acaso. “Entre uma série de motivos, a escolha foi pela excelência na gestão da água e resíduos verificados no município”, explicou.

O prefeito Barjas Negri, que é também presidente dos Comitês PCJ salientou a importância do evento em âmbito regional e nacional. “É fundamental essa troca de experiências relacionadas à forma como consumimos a água. Piracicaba é exemplo na gestão de recursos hídricos, e isso foi conquistado fruto de muitos investimentos e da atenção integral da gestão pública”, afirmou.

Para Barjas, tão importante quanto debater a utilização dos recursos hídricos para a geração atual, é primordial que o mundo esteja preparado para as próximas gerações. “Nossa cidade é abastecida por mananciais que proporcionam uma rica oferta de água, mas não podemos nos distrair por um segundo sequer desperdiçando ou utilizando a água de forma perdulária. Estou certo que este seminário nos permitirá conhecermos alternativas que aprimorem nossos trabalhos e nos preparem ainda mais para garantir a oferta de água para o futuro”, disse Barjas Negri.

O vice-prefeito José Antonio de Godoy, destacou que a ideia de sediar um seminário sobre água em Piracicaba foi justamente pelo histórico do município na gestão dos recursos hídricos. “Pensando neste conjunto todo que temos em Piracicaba – a luta pela água, a Agência das Bacias PCJ, os Comitês PCJ e outras entidade- e chegamos à conclusão que deveríamos fazer um evento com certa robustez para situar nossa cidade, mostrar para o mundo que tempos preocupação com esse tema. A gente espera que esse seja o embrião de formar uma coisa muito boa, por isso estamos procurando trazer pessoas de peso do exterior”, comentou Godoy.

CONVIDADOS – Entre os convidados internacionais, são esperados especialistas de diversos países para apresentar seus cases de sucesso para o tratamento e gestão da água como Israel, Chile, México, Austrália e França. O francês Loïc Fauchon, presidente do Conselho Mundial da Água, está previsto para proferir a palestra magna do Seminário. Foi ele quem, em 1977, criou a associação humanitária Transahara, que organiza missões de assistência para o desenvolvimento na África Subsaariana e Europa Oriental. “Esse seminário vai trazer experiências não só de outros países, mas também poder mostrar para as pessoas que visitarem o evento que existem formas divertidas de ter um contato com este assunto e poder aplicar isso nas suas vidas”, destacou Gavroche Fukuma.

Promovido em parceria da Prefeitura de Piracicaba e do Semae, o Seminário Internacional da Água é organizado pelo Instituto Movimento Cidades Inteligentes, em uma promoção da Agência das Bacias PCJ, Comitês PCJ e Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool do Piracicaba). O evento conta ainda com o apoio do Centro de Capacitação Hydrus.

SERVIÇO

Seminário Internacional da Água – Piracicaba-SP-Brasil

DATA: 14 e 15 de março de 2019

LOCAIS: Teatro Erotides de Campos e no Armazém 14 do Engenho Central de Piracicaba(SP)

REALIZAÇÃO: Prefeitura de Piracicaba e Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto)

ORGANIZAÇÃO: Instituto Movimento Cidades Inteligentes

PROMOÇÃO: Agência das Bacias PCJ, Comitês PCJ e Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool do Piracicaba)

APOIO: Centro de Capacitação Hydrus

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES: www.ci.eco.br/agua2019.

  

Comentários