fbpx

Sinfônica de Campinas interpreta obras de Dom Quixote

Para lembrar os 400 anos de morte do emblemático escritor espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616), a Orquestra Sinfônica de Campinas interpreta três obras que revisitam seu mais fabuloso personagem, Dom Quixote. Os concertos serão realizados nos dias 2 e 3 de abril, sábado e domingo, no Teatro Castro Mendes, sob a batuta do maestro Victor Hugo Toro, e solo do violoncelista Lars Hoefs.

O repertório traz um caráter narrativo que descreve, em três composições de períodos distintos, a saga do cavaleiro errante: “Dom Quixote e a Duquesa – Abertura e Chaconne”, de Joseph Bodin de Boismortier (compositor do período clássico), “Burlesca de Don Quixote”, de G. P. Telemann (barroco) e, pela primeira vez, a Sinfônica de Campinas executa “Dom Quixote”, de Richard Strauss (autor do período pós-romântico), que tem como solista o violoncelo, representando Dom Quixote.

Programa

“Homenagem a Cervantes”

JOSEPH BODIN DE BOISMORTIER ( 1689-1755)

“Dom Quixote e a Duquesa”, Abertura e Chaconne

GEORG PHILIPP TELEMANN (1681-1767)

Burlesca de Dom Quixote, Abertura

RICHARD STRAUSS (1864-1949)

Dom Quixote

Serviço

Orquestra Sinfônica de Campinas

Victor Hugo Toro, regência

Lars Hoefs, violoncelo

Quando: 02/04 (sábado), 20h – 03/04 (domingo), 11h

Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos,s/n. Telefone 19 – 3272.9359. Vila Industrial. Campinas)

Ingressos: R$30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudantes, aposentados), R$ 10,00 (professores das escolas públicas e privas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências); R$ 5,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Foto:  Lars Hoefs

 

  

Comentários