UFSCar sedia Núcleo de Esportes de Base e Alto Rendimento em Esportes de Neve

A closeup shot of the pure white snow-a good background

Atividades começaram em junho e, nesta quinta-feira, será formalizada parceria com a Confederação Brasileira de Desportos na Neve

Atividade do NEBAR realizada com crianças em julho (Foto: Acervo NEBAR)

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) iniciou, em junho, as atividades do Núcleo de Esportes de Base e Alto Rendimento (NEBAR) de Esportes de Neve. A iniciativa é fruto da parceria entre o Departamento de Educação Física e Motricidade Humana (DEFMH) da Universidade com a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) e tem por objetivo oportunizar o acesso a um maior número de iniciantes e maximizar a performance de atletas, oferecendo equipes técnicas multidisciplinares de qualidade.

Desde 2017, o DEFMH tem parceria com a CBDN, visando ao desenvolvimento das modalidades olímpicas e paralímpicas de inverno em São Carlos e demais regiões do Brasil. “Além da importância social e dos resultados diretos na iniciação, formação e desenvolvimento de jovens atletas (com e sem deficiências) na modalidade de Ski Cross Country, a preparação profissional dos estudantes do curso de Educação Física para atuar nesse segmento e o desenvolvimento de atividades de pesquisa têm se mostrado de grande relevância acadêmica e científica”, aponta Mey de Abreu van Munster, docente do DEFMH e coordenadora do NEBAR.

A CBDN, dirigente dos esportes de neve Olímpicos e Paralímpicos em território brasileiro, tem como objetivo desenvolver os esportes de neve no Brasil em diferentes modalidades. O NEBAR da UFSCar pretende detectar e desenvolver novos talentos nas modalidades Ski Cross Country, Biathlon, Para Ski Cross Country e Para Biathlon. No Ski Cross Country, os atletas percorrem distâncias na neve usando esquis e bastões; o Biathlon combina o Cross Country com o tiro esportivo; e o Para Ski Cross Country e Para Biathlon são praticados por atletas com deficiências físicas e visuais. A professora explica que parte específica do treinamento técnico dessas modalidades pode ser desenvolvida em território nacional por meio do rollerski (esqui com rodas para deslizar sobre o asfalto), modalidade integrada ao Ski Cross Country, com uso de equipamentos específicos e métodos adaptados de treinamento.

As atividades do NEBAR-UFSCar terão como público alvo participantes da cidade e região, além de atletas em desenvolvimento em outros núcleos de prática da modalidade para a realização de treinamento. A expectativa do Núcleo é alcançar 64 atletas diretamente e capacitar 20 profissionais para atuarem com as referidas modalidades. Os beneficiários receberão treinamento técnico ao longo do projeto, utilizando o rollerski para o treinamento, assento especializado para pessoas com deficiências físicas (sitskis) e carabinas a laser para a prática do Biathlon. As atividades serão desenvolvidas ao longo dos próximos 12 meses nos laboratórios e dependências esportivas da UFSCar e no parque Eco Esportivo Damha.

Em junho, o NEBAR realizou vivências de rollerski em várias escolas do município e, no último mês, foram realizadas Ski Weeks, atividades lúdicas e práticas da modalidade para 120 crianças com idade acima de 8 anos, supervisionadas por acadêmicos dos cursos de Educação Física e Fisioterapia da UFSCar, juntamente com a equipe de profissionais da CBDN. “A implantação do NEBAR é bastante relevante para a UFSCar, pois permitirá ampliar e fortalecer a parceria existente entre a Universidade e a CBDN, favorecendo o envolvimento de um número maior de pessoas vinculadas à Instituição nas atividades do Núcleo de Esportes de Neve”, conclui a docente. A iniciativa tem apoio da Secretaria Especial de Esportes do Ministério da Cidadania e mais informações podem ser acessadas no site https://cbdn.org.br/nucleo-de-base-sao-carlos.

Nesta quinta-feira, dia 11 de agosto, a parceria entre o DEFMH da UFSCar a CBDN para as ações do NEBAR será formalizada em evento que acontece às 9 horas, no Anfiteatro da Reitoria, na área Sul do Campus São Carlos, aberto ao público.

  

Comentários