UM MÚSICO MUITO COMPETENTE

A trajetória Musical de Tarcisio Casanova e Sua Incrível Banda, Relembrando os Beatles e a Jovem Guarda

Por Gilberto Pinheiro – jornalista e músico

Hoje, saio da minha rotina, escrevendo sobre a proteção dos animais e dou atenção à minibiografia de um grande amigo, residente em São Paulo, no caso, Tarcisio Casanova, músico brilhante, além de competente advogado e produtor musical. A música nos aproximou pois também sou músico, além de jornalista e temos o mesmo gosto em relação às músicas de nossa juventude. Somos amigos ligados pela arte musical!

Assim, deixo abaixo, algumas considerações que entendo valer a pena, pois, música é alento para a alma. Ele destaca o movimento musical dos anos 60 – a Jovem Guarda e a beatlemania, as músicas que marcaram a nossa geração.

Casanova tem uma história muito semelhante à minha e destaco alguns pontos de sua vida. Fiz-lhe algumas perguntas e assim respondeu com imensa satisfação: em 1965, conheceu a banda Renato & Seus Blue Caps, quando tinha apenas 13 anos de idade e, por sua vez, os Beatles, que começavam a surgir no mundo musical, atraindo multidões.

Aprendeu a tocar violão aos 10 anos de idade e, por sua vez, tornou-se guitarrista aos 16 anos de idade, tocando, inclusive, em diversas bandas, Formou sua primeira banda no Colégio Militar e um dos momentos marcantes ocorreu durante um baile aos 15 anos de idade, na cidade de Cachoeira do Sul (RS), pisando pela primeira vez num palco profissionalmente.

Em 1969, outro momento emocionante foi quando ele e seus amigos da banda Quinta Dinastia entraram numa loja de equipamentos musicais, comprando e renovando todo equipamento musical, ou seja, bateria, guitarras, amplificadores, microfones e demais acessórios indispensáveis. Aos vinte e dois anos, teve que abandonar a atividade musical em virtude da carreira profissional formando-se, posteriormente, em advocacia, além de ser arrimo de família. Aos trinta e cinco anos, voltou a fazer o que tanto ama – tocar músicas e cantar!

SAVILE – A MELHOR BANDA COVER DOS BEATLES EM TODO O BRASIL

Citou-me duas músicas que foram marcantes em sua vida durante a adolescência – O Meu Primeiro Amor e You Wont See Me, do Renato & Seus Blue Caps e The Beatles e, nesse período, ou seja, na fase adulta, teve a singular oportunidade de tocar no Cavern Club, com sua banda Savile, exatamente, no local onde o conjunto inglês de fama mundial deu os seus primeiros passos em direção ao sucesso no mundo, atraindo multidões. A banda Savile, na qual ele é guitarrista e vocalista foi formada em 1999, ou seja, há vinte e um anos, banda cover dos Beatles e eles são muito mais que amigos – são irmãos, tamanha afinidade que há entre eles. Não é fácil uma banda permanecer unida por tanto tempo!

Há também uma outra banda para fins de gravação que ele lidera, que tem como integrantes músicos de várias partes do Brasil. Com a tecnologia avançada de hoje, cada um grava seu instrumento e envia para o estúdio dele, onde promove as edições, mixagem e masterização. Recentemente, em 2016, reuniu um grupo de amigos músicos e, juntamente com seus filhos, além do apoio de Juan Manuel Perez e de Aluizio Veras, produziram o álbum MUSICANDO… e o resultado foi espetacular e, nesse contexto, produziram um DVD, com um show de lançamento em Balneário Camboriú, nos idos de 2017.

Em relação às músicas atuais ele entende que com raríssimas exceções, deixam demais a desejar em seu conteúdo, acreditando na premissa e da imperiosa necessidade de sucesso imediato e fugaz. Afirma também que hoje em dia não se compõem mais os clássicos de antigamente, quando a musicalidade e as letras embalavam os melhores sonhos da romântica juventude de outrora.

É proprietário do CasaNova Master Studio, em Itapema, Santa Catarina, um lindo e completo reduto para tocar e gravar músicas, diga-se de passagem, tão bom ou melhor que outros estúdios musicais espalhados pelo Brasil afora. Como produtor musical abraça essa atividade profissional há mais de 30 anos, tendo iniciado nessa atividade tocando em estúdios de terceiros, montando aos poucos o seu e concluiu sob a luz da intensa emoção: a música é a minha vida!

  

Comentários