UPA de Mogi Mirim fará triagem de pacientes com síndromes gripais

A Secretaria de Saúde fará a triagem de pacientes com síndromes gripais que se dirigirem à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona Leste nos próximos dias. Uma unidade para a acolhida dos munícipes está sendo montada em frente à unidade, e entra em, operação até o final desta semana. O local, batizado como “Unidade para Triagem de Pacientes com Síndromes Gripais” terá toda a estrutura necessária para o atendimento, fechado nas laterais e com cadeiras, mesas, ventiladores e armário para atendimento, realizado por uma equipe formada por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem.

 

O objetivo é evitar a contaminação cruzada, fazendo com que os pacientes com sintomas gripais e potencialmente suspeitos por contaminação do novo coronavírus (Covid-19) não tenham contato com os demais, em uma espécie de separação dos casos. A medida visa conter a aglomeração na unidade, levando mais segurança aos usuários e profissionais.

 

Essa é mais uma ação da Prefeitura para evitar a disseminação do Covid-19. Na última semana, o Poder Público anunciou a criação de um centro de atendimento para pacientes com síndromes gripais em um imóvel localizado à Rua Monsenhor Moysés Nora, 166, no Centro. A previsão é de que o local fique pronto e esteja à disposição do público até a próxima semana.

 

Atendimento

 

Um técnico de enfermagem será o responsável por levantar o histórico do paciente, na própria tenda. Os médicos estarão munidos de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Vale lembrar que os funcionários da UPA vem utilizando máscaras, luvas e seguindo todo o protocolo necessário para o atendimento dos pacientes.

 

Os pacientes com quadros leves receberão orientação dentro da própria tenda e serão orientados a irem para suas casas, permanecendo em isolamento domiciliar. Já os munícipes que sejam identificados com quadro mais grave e necessidade de oxigênio, fruto de dificuldades respiratórias, serão encaminhados para um quarto específico na UPA, com atendimento médico, enquanto aguardam a transferência para a Santa Casa de Misericórdia.

 

Devido à montagem da tenda, haverá a necessidade de mudanças de direção em vias no entorno da UPA, em trabalho realizado pela Secretaria de Trânsito.

 


Comentários